spot_img

Últimas Notícias

Cidade do Rio Grande do Sul cria albergue para acolher moradores de rua durante a noite

- Advertisement -

“A inauguração deste espaço representa o nosso compromisso social de cuidar das pessoas. A Casa do Bem é um local novo, moderno, com instalações e profissionais capacitados para dar atendimento a essas pessoas e a famílias desabrigadas, que vivem em situação de rua. Elas poderão resgatar a dignidade, usufruindo do conforto de dormitórios para descanso, chuveiros, banheiros, além de refeições durante a passagem pela Casa do Bem”, destacou o prefeito Marco Alba.

Segundo o prefeito, a Casa do Bem será uma referência para a cidade, chamando a atenção da sociedade para o cuidado com o próximo. “Este prédio tem esse significado, este gesto, para que as pessoas que aqui cheguem se sintam acolhidas e amadas”, afirmou o prefeito.

O secretário da Família, Cidadania e Assistência Social Tanrac Saldanha explicou que a principal diferença do público a ser atendido na unidade é a transitoriedade, que não deve ultrapassar três meses. “Serão recebidos adultos ou famílias em trânsito, sem intenção de permanência por longos períodos”, disse o secretário. A diretora de Proteção Especial da SMFCAS, Margarete Farias, também complementou que “ao passarem pelo serviço, os usuários são previamente orientados a cumprirem algumas metas, entre elas a confecção dos documentos, a busca por um emprego formal e a reconstrução do vínculo familiar”.

- Advertisement -

Por mês, a antiga unidade recebia cerca de 70 usuários, mas a projeção da SMFCAS é de haja mais que o dobro de pessoas vivendo em situação de rua em Gravataí. Desde a inauguração do serviço na cidade, em 2011, mais de 1.800 pessoas já passaram pela unidade.

A Casa do Bem oferecerá condições necessárias para desenvolver o serviço de acolhimento institucional, seguindo as diretrizes da Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais. A capacidade de atendimento é para 40 adultos/noite – cerca do dobro do que era oferecido nas antigas instalações – sendo 28 vagas masculinas e 12 femininas.

O local dispõe de ambientes climatizados, com seis quartos coletivos para repouso, espaço de estar e convívio, guarda de pertences, lavanderia de roupas, toilettes para banho e higiene pessoal, refeitório, sanitários e entrada com acessibilidade. Também estão inclusos no serviço oferecido aos usuários jantar e café da manhã.

A equipe multiprofissional que fará o atendimento é composta por assistentes sociais, cuidadores, serviços gerais, cozinheiras e uma coordenadora. A Casa do Bem funcionará no período noturno, com ingresso às 19h e saída às 7h.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat