spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Americana lança programa de prevenção à violência contra a mulher

- Advertisement -

Com o início dos trabalhos, a previsão é entregar o protocolo municipal e fluxos de atendimento às mulheres no prazo de 100 dias e o diagnóstico municipal dos direitos da mulher em 180 dias

O prefeito Chico Sardelli lançou, na última sexta-feira (12), o Programa “Americana por Elas” – Prevenção e Enfrentamento à Violência Contra a Mulher e Promoção da Equidade de Gênero, instituído por meio do decreto municipal nº 12.832, de 9 de novembro de 2021. A coordenação do programa será da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH).

Estiveram presentes ao lançamento o vice-prefeito, Odir Demarchi; a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes; a secretária de Fazenda, Simone Inácio de França Bruno; o presidente da Câmara Municipal, vereador Thiago Martins; a vereadora, Leonora da Silva Périco; o comandante da Guarda Municipal, Marco Aurélio da Silva; o juiz do Tribunal de Justiça da Comarca de Americana, Wendel Lopes Souza; a coordenadora da Comissão de Enfrentamento de Violências e Apuração de Denúncias e representante do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Rúbia Valéria Missioneiro de Lira; e a representante da Delegacia de Defesa da Mulher, Camila Busnardo.

- Advertisement -

O prefeito Chico Sardelli agradeceu a presença de todos, em especial à equipe da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos. “A violência contra a mulher está presente no dia a dia e temos a obrigação de apoiar e dar estrutura para combatê-la. Temos mulheres no comando de secretarias e sempre defendi a atuação delas, não por obrigação mas por convicção”, disse.

O presidente da Câmara Municipal, Thiago Martins, cumprimentou a todos e lembrou que o Legislativo também está fazendo a sua parte na busca pela equidade de gêneros. “Estamos instituindo uma coordenadoria especial de defesa da mulher na Câmara”.

Para a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes, a implantação do programa vai fortalecer o trabalho já realizado pelo município, aprimorando os serviços ofertados às mulheres. “A rede intersetorial, pública e privada, fica fortalecida para promover melhorias no sistema de atendimento ofertado às mulheres. Os serviços e direitos serão levantados por meio de um diagnóstico para que possamos aprimorar os trabalhos de enfrentamento à violência contra a mulher e promover a equidade de gênero. Com um trabalho multisetorial, vamos superar a opressão e a desigualdade. O prefeito Chico Sardelli preconiza o atendimento humanizado às mulheres em situação de violência e estabeleceu, por meio do programa, um marco para a construção deste avanço na cidade”, disse Juliani.

O programa prevê ainda a criação de um Comitê Gestor Intersetorial para discutir e propor ações voltadas ao atendimento das demandas das mulheres, com representantes de secretarias municipais, da Guarda Municipal, do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e sociedade civil.

Com o início dos trabalhos, a previsão é entregar o protocolo municipal e fluxos de atendimento às mulheres no prazo de 100 dias; o diagnóstico municipal dos direitos da mulher em 180 dias; e apresentar a proposta de Plano Municipal de Políticas para Mulheres e Equidade de Gênero em 270 dias.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat