spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Aos 88 anos, americanense Roberto Jensen vence o câncer

- Advertisement -

Presente nos principais momentos históricos da cidade, Roberto Jensen nunca morou um só dia em outro município

O americanense Roberto Jensen, de 88 anos, recebeu alta nesta quarta-feira (20) no Hospital das Clínicas da Unicamp depois de anos lutando contra o câncer, diagnóstico que data de 2009. As informações são de seu filho, o radialista Ju Jensen.

Roberto Jensen nunca morou um só dia em outro município. Nascido no coração da cidade na rua 30 de Julho, ele sempre marcou presença nos principais momentos históricos de Americana desde os anos 50, participando da fundação e desenvolvimento de vários dos marcos do município.

- Advertisement -

Jensen vivenciou os famosos bailes dançantes com orquestras na sede social do Rio Branco, viu a construção do calçadão, participou das primeiras festas e leilões da Igreja de Santo Antônio para construir a Basílica e esteve presente nas feiras industriais no estacionamento da Basílica que resultariam na criação da Fidam (Feira Industrial de Americana), sede da primeira Festa do Peão em 1987.

Também um assíduo frequentador dos jogos do Tigre, o Rio Branco de Americana, desde a época em que o seu estádio ainda se localizava na rua Fernando de Camargo, nos anos 40 e 50, foi responsável por reunir vários moradores e impulsionar a construção do estádio Décio Vitta, nos anos 70.

É um dos únicos moradores da cidade homenageado em vida com nome de rua.

Jensen também estrelou com contos e prosa o documentário Americana Conta Sua História.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat