spot_img

Últimas Notícias

Comerciantes retomam discussão da revitalização da área central de Americana

- Advertisement -

Distrital Central vai ouvir os anseios dos comerciantes em reunião nesta terça-feira na sede da entidade

Os comerciantes da região central de Americana estão sendo convidados para uma reunião extraordinária nesta terça-feira (24), a partir das 18h, na sede da entidade, para discutir a revitalização do calçadão e da área do entorno.

A intenção, informou a assessoria da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana), é ouvir as demandas dos comerciantes e, após o encontro, formular uma lista de propostas viáveis a ser apresentadas à prefeitura.

- Advertisement -

“O objetivo do nosso encontro é tratarmos, ouvirmos e dialogarmos sobre a revitalização da área central. Muito se fala, se comenta da associação comercial, da prefeitura e da área central. Esse é um movimento que a Associação Comercial está fazendo para ouvir os comerciantes do Centro para nós implementarmos todo um trabalho para mudanças. A Acia tem como lema estar aberta ao diálogo e nós contamos com a presença dos comerciantes”, disse o presidente da entidade, Wagner Armbruster.

O comerciante e vereador Lucas Leoncine (PSDB) estendeu o convite aos demais vereadores. Segundo Leoncine, esta é uma demanda bem antiga e uma cobrança dos empresários da região. A intenção é movimentar o comércio no Centro após a pandemia.

“O Centro de Americana passou por uma série de situações, desde a reforma do terminal até implantação da Área Azul e até mesmo a descentralização do comércio para os bairros. Nós temos um comércio muito forte nos bairros de Americana. Eu acredito que a revitalização vai trazer mais conforto e credibilidade de volta. Muitas pessoas se afastaram do Centro com a obra do terminal e encontraram em outros locais mais condições para consumo. O Centro precisa voltar a ser convidativo, passar por uma reforma. Eu particularmente acredito que até serviços públicos podem ser colocados ali para que leve a população de volta para a área central”, disse Leoncine.

Havia uma proposta de Shopping Centro, mas o projeto ainda não saiu do papel, em razão do alto investimento. Além disso, disse o vereador, haveria necessidade de discutir o assunto com os proprietários dos imóveis, uma vez que boa parte dos comerciantes é formada por inquilinos.

Outro agravante é que os empresários enfrentam problemas com a concentração de usuários de drogas nas proximidades da linha férrea. Também houve o fechamento de estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços, em razão das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus. As vendas estão muito associadas ao movimento dos consumidores no calçadão. Há que se considerar também o alagamento da região na época de chuvas.

EVENTOS CULTURAIS

Para Leoncine, uma das tendências, com a retomada econômica pós-pandemia, é a realização de eventos culturais ao ar livre, em razão do receio de concentração de pessoas em lugares fechados. “A tendência é as pessoas irem para a rua e o calçadão é um ótimo lugar para essas atividades. Eu vejo com ótimos olhos. Para nós quanto mais gente e mais movimento, melhor”, ressaltou Leoncine.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat