spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Martins retoma discussão sobre construção de dois viadutos na Anhanguera

- Advertisement -

Após discussão no parlamento metropolitano, presidente da Câmara de Americana pedirá ação do Estado

O presidente da Câmara de Americana, Thiago Martins (PV), retomou a discussão sobre a construção de dois viadutos orçados em R$ 29 milhões para permitir a transposição sobre a Rodovia Anhanguera (SP-330) e ligar os bairros Praia dos Namorados e Praia Azul. Um desses viadutos ficaria no quilômetro 122 e o outro no quilômetro 124.

Enquanto esses viadutos e as obras de remodelação da entrada dos dois bairros não forem concluídos, novos empreendimentos imobiliários, que geram grande tráfego de veículos, estão impedidos na região.  Os bairros estão entre os populosos de Americana, com cerca de 50 mil habitantes.

- Advertisement -

Um dos pontos mais críticos é a entrada e saída pela Avenida Comendador Thomaz Fortunato, que dá acesso à orla da praia. O entrave é o custo dessas obras. Um dos viadutos ficaria no quilômetro 122, no entroncamento com a Avenida Santino Faraone, com investimento de R$ 16 milhões e o outro no quilômetro 124, no entroncamento com a Avenida Comendador Thomaz Fortunato, orçado em R$ 13 milhões.

 É que está em vigor um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), assinado entre Ministério Público, prefeitura e empreendedores que impede novas construções na região enquanto não melhorar o sistema viário de acesso aos bairros. Esse TAC foi assinado em 2017.

Esse assunto veio à baila na reunião do Parlamento Metropolitano, formado pelas presidências das Câmaras das 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas, semana passada.  O pedido de Martins é que o governo do Estado ou a concessionária da rodovia, a CCR Autoban, assumam o custo das obras. Martins pediu uma reunião com a Artesp para abordar o assunto.

“Isso, quem perde é o município, porque perde investimento, geração de emprego e geração de renda. Fica travado. Eu também acho muito injusto, a concessionária hoje, a AutoBAn e o governo do Estado, jogar essa responsabilidade 100% para a prefeitura, para os empreendedores e dizer: resolve aí. Não é desta forma”, desabafou o presidente do Legislativo.

Segundo a prefeitura, não existe nenhum loteamento bloqueado em andamento e que está em contato direto com a Autoban e Artesp discutindo sobre esses viadutos. “Os projetos dos viadutos dos km 122 e 124 estão concluídos e estão da concessionária Autoban para ciência e análise”, informou a administração municipal.  A CCR-Autoban declarou que não pode se manifestar porque não é parte envolvida no TAC.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat