spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Suzano promete remover 40 milhões de toneladas de gás carbônico da atmosfera

- Advertisement -

A meta foi antecipada em 5 anos, de 2030 para 2025

A Suzano comprometeu-se, na última semana, a remover 40 milhões de toneladas de gás carbônico da atmosfera até 2025, meta antecipada em 5 anos do planejamento inicial, previsto para 2030.

A iniciativa surgiu após adesão da empresa à campanha Business Ambition for 1.5oC e ao Science Based Target Initiative (SBTi), movimento que busca promover a redução das emissões de gases de efeito estufa e consequente transição global para uma economia de baixo carbono.

- Advertisement -

O anúncio representa também a adesão da Suzano à campanha “Race to Zero”, uma coalizão apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU) que reúne líderes comprometidos a atuar em uma recuperação saudável, resiliente e com o objetivo de estimular a descarbonização da economia mundial.

“A adesão ao SBTi reforça o compromisso da companhia em assumir uma posição relevante nas discussões mundiais sobre os efeitos causadores das mudanças climáticas, uma questão geracional que exige atuação imediata e relevante por parte da liderança mundial e da população global”, afirma a empresa .

A despeito dos objetivos já divulgados pela empresa, ao aderir às iniciativas a Suzano se compromete a estabelecer, em um prazo de até dois anos (conforme estipulado pela iniciativa), uma meta alinhada ao cenário climático de redução de emissões que limite o aquecimento global a até 1.5°C acima dos níveis pré-industriais e aos critérios e recomendações da Science Based Target Initiative considerando a emissão própria e a emissão da cadeia de valor.

A empresa também atuará na promoção de campanhas para engajar outros atores e contribuirá com o SBTi para promover a evolução e o aprimoramento das metodologias relacionadas ao setor de florestas plantadas, papel e celulose e à realidade de empresas que já estão em uma jornada histórica de descarbonização, como é o caso da Suzano.

“Estamos desenvolvendo, a partir da árvore plantada, novos produtos, que podem substituir materiais derivados de fontes fósseis, e também temos a nossa atuação diretamente ligada à captura de carbono da atmosfera. Mas queremos ir além, e com a adesão à campanha Business Ambition for 1.5oC, ao SBTi e à campanha “Race to Zero”, atuaremos para reunir mais atores, seja da iniciativa privada, seja da esfera pública, na discussão de como podemos avançar em direção a uma economia de baixo carbono”, diz Walter Schalka, presidente da Suzano. Os efeitos causadores das mudanças climáticas serão tema central das discussões na COP26, a 26ª conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas a ser realizada em Glasgow, na Escócia, no mês de novembro.

Foto: Divulgação

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat