spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Maestro João Carlos Martins se apresenta em Santa Bárbara nesta segunda

- Advertisement -

Ingressos são gratuitos e serão disponibilizados para retirada antecipada neste domingo

Santa Bárbara d’Oeste receberá o concerto gratuito da Orquestra de Cordas Bachiana Filarmônica sob regência do maestro e pianista João Carlos Martins via projeto da Lei de Incentivo à Cultura. O espetáculo instrumental acontece na segunda-feira (22), às 20 horas, no Teatro Municipal “Manoel Lyra”.

Os ingressos são gratuitos, limitados a dois por pessoa e estão disponíveis para retirada antecipada neste domingo (21) na própria bilheteria do Teatro (Rua João XXIII, 61, Centro), das 8 horas às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

- Advertisement -

No evento serão apresentadas composições de autoria de músicos e compositores renomados, além de releituras dos clássicos da música. O objetivo é centrado na oferta e democratização de acesso ao estilo clássico, popularizando-o entre todas as classes sociais e faixas etárias.

A Orquestra de Cordas faz parte da Fundação Bachiana Filarmônica, fundada em 2004 e que é composta por um grupo de músicos selecionados entre as melhores orquestras brasileiras que tem sido elogiado pelo mundo afora. Integrada por profissionais que fazem questão de aprimorar seu talento com trabalho e estudo, a Orquestra de Cordas é formada por 6 primeiros violinos, 5 segundos violinos, 3 violas, 3 cellos, 1 contrabaixo, 2 oboés, 1 fagote, 1 clarinete, 1 flauta e 1 percussão.

Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, “Orquestra de Cordas Bachiana Filarmônica” é apresentado pelo Ministério do Turismo via Secretaria Especial de Cultura, com produção da Villa 7 Cultura em parceria com a Fundação Bachiana, AH7 Gestão Cultural e Arte Pitaco. O projeto é patrocinado pela Rede de Supermercados Pague Menos e em Santa Bárbara conta com o apoio da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste.

Do piano à regência
João Carlos Martins acumula grandes conquistas em sua carreira. Por isso, é aclamado por onde passa, além de ser considerado um dos maiores intérpretes de Bach pela imprensa do Brasil e do mundo. Aos 21 anos, fez seu primeiro recital no Carnegie Hall, onde tocou com as maiores orquestras americanas e europeias. A carreira de pianista foi cessada por uma série de problemas nas mãos. Mas a paixão pela música o fez voltar ao cenário como regente. Há mais de 10 anos à frente da Orquestra Bachiana Filarmônica, o João Carlos tem trabalhado em prol da democratização da cultura no país, levando música erudita para as mais diversas plateias Brasil afora.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat