spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Secretaria de Saúde de Americana e Ministério Público investigam funcionalidade de respiradores do HM

- Advertisement -

Secretaria de Saúde questionou a empresa responsável e aguarda resposta; a Pasta informa que os respiradores possuem registro da Anvisa

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Americana e o Ministério Público estão investigando uma denúncia sobre problemas apresentados pelos respiradores usados no tratamento dos pacientes com Covid-19. Os 12 aparelhos da empresa VentMed começaram a ser usados dia 12 de junho deste ano e foram comprados pelo Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi” – com recurso da Câmara.

As informações apresentadas por um grupo de fisioterapeutas do HM são de que os respiradores não são adequados para o tratamento de pacientes em estado grave de Covid-19.

O MP questionou a Secretaria de Saúde sobre a funcionalidade dos respiradores, bem como a procedência deles e se houve emissão de laudo técnico para a compra. O secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, informa que a Pasta também questionou a empresa responsável.

“Recebemos um ofício, no dia 27 de maio, dos fisioterapeutas do HM nos relatando problemas na funcionalidade dos aparelhos. Então, questionamos a empresa, que fez um treinamento com os profissionais no dia 11 de junho. Porém, na última segunda-feira (21), questionamos novamente a empresa porque recebemos informações que um dos aparelhos não estava funcionando”, explicou o doutor em Saúde Pública. Ele disse, ainda, que todos os respiradores são registrados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O relatório enviado ao Ministério Público foi feito pela ex-vereadora Maria Giovana Fortunato, que também concorreu a vaga de prefeiturável na última eleição. O questionamento encaminhado pelo MP à Pasta, no fim da tarde desta sexta-feira (25), requer uma resposta da administração municipal dentro de 48 horas.

“A secretaria de Saúde está empenhada ao máximo para obter as respostas da VentMed. Inclusive, ontem pela manhã [sexta-feira], já havíamos questionado a empresa. Estamos todos vivendo um momento de pandemia, a população está sensível, mas acredito que usar deste momento para levantar informações de que mortes foram causadas por conta dos respiradores, é inadmissível, é desumano”, disse o secretário.

Em entrevista ao JA na manhã deste sábado (26), o doutor em saúde pública disse que a administração municipal fez a contratação de um engenheiro clínico para que também faça a avaliação dos respiradores. “É uma pessoa terceirizada, que virá na terça-feira (29) que poderá nos dizer se os aparelhos apresentam problemas ou se é necessário mais um treinamento com nossos profissionais para que os utilizem da melhor forma”, concluiu.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat