spot_img
spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Psicóloga de Americana é contemplada com o “Selo Direitos Humanos da Pessoa Idosa”

- Advertisement -

Sara Sales é especialista em Geriatria e mestre em Gerontologia e trabalha há mais de 16 anos com ações voltadas para os idosos e o envelhecimento humano

O cenário de incertezas provocado pela pandemia trouxe medos e preocupações, em especial aos mais vulneráveis, o que possibilitou maior atenção aos idosos e assim o despertar de ações em prol desse grupo. Uma delas foi a criação do movimento “Vidas Idosas Importam”, fundado por Dr. Crimédio, gerontólogo, em 10 de dezembro de 2020, com o objetivo de defender a diversidade do envelhecimento e os direitos humanos da pessoa idosa.

Inspirado no movimento norte-americano Black Lives Matter, o projeto é uma iniciativa do Intercâmbio 60+ – Movimento Nacional de Ativistas dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa, composto por profissionais de diversas áreas da iniciativa pública e privada. Recentemente a organização lançou o “Selo Direitos Humanos da Pessoa Idosa” que busca reconhecer boas práticas e iniciativas relevantes para os idosos no Brasil, promovidas por municípios, instituições, projetos ou pessoas físicas.

- Advertisement -

Uma das contempladas é a paulistana Sara Sales de Souza, psicóloga, que desde 2005 realiza atividades voltadas para os idosos. Entre os seus projetos, está a criação do grupo de estimulação cognitiva chamado “Cuidando da Gente”, com o foco na melhoria da qualidade de vida de pessoas com 60 anos ou mais. O intuito é desenvolver mecanismos que possibilitem trazer a esse público socialização, valorização da autoestima, manutenção da autonomia e independência, de forma a prorrogar a queda que a senilidade traz ao ser humano no decorrer da vida. Suas atividades ainda comtemplam cursos, palestras, orientação às famílias, atendimentos presenciais, on-line e domiciliares.

“Receber esse selo é o reconhecimento de que todo meu empenho, minha dedicação e meu amor à essas pessoas valeram a pena. Meu coração está cheio de gratidão por esse momento. Conhecer os aspectos que envolvem a fase da velhice, nos torna mais preparados para desenvolver práticas transformadoras em nossa sociedade, pois como o nome do movimento já diz: Vidas Idosas Importam”, relata a psicóloga.

Para o futuro, Sara revela o desejo de aplicar outros projetos já idealizados por ela, como exemplo “Meus últimos desejos”, além de conscientizar outros profissionais para também entrarem para esse movimento. Segundo a especialista em Gerontologia, o trabalho multiprofissional é essencial para construção de programas de prevenção e reabilitação de idosos.

“Os idosos são nossos espelhos e nossos professores. Nos aconselham sempre para trilhar o melhor caminho, nos apoiam e sempre torcem pelo melhor dessa vida. Eles são os protagonistas do nosso presente, construíram o nosso agora e merecem atenção, cuidado e amor”.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat