spot_img
spot_img

Últimas Notícias

Com queda de casos de Covid-19, Hospital de Americana reduz leitos de UTI

- Advertisement -

Número de leitos passou de 30 para 20

O Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi de Americana reduziu de 30 para 20 o número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para os pacientes internados com Covid-19. A medida foi adotada pela diretoria em razão da redução da taxa de ocupação de leitos.

Nesta terça-feira (17), dos 30 leitos existentes, apenas nove estavam sendo utilizados. Uma taxa de ocupação de 30%. Só não haverá redução dos leitos de enfermaria, que continuam em 35.

- Advertisement -

Segundo a prefeitura, a decisão foi tomada após avaliações da equipe técnica em relação às últimas taxas de ocupação dos leitos de UTI, com a diminuição das internações, em grande parte proporcionada pelo avanço da vacinação no município.

Até nesta terça-feira (17), 243.544 doses foram aplicadas em Americana, sendo 170.690 primeira dose, 66.787 segunda dose e 6.067 dose única, totalizando 39,91% da população com o esquema completo.

Além dos 20 leitos de UTI e 35 de enfermaria, o HM também irá manter dois médicos exclusivos para atuarem no atendimento à Covid-19. 

O superintendente da Fusame (Fundação de Saúde de Americana), Edson Eduardo Pramparo, se manifestou em nota. A Fusame é a administradora do hospital. “Trata-se de uma realocação estratégica dos leitos, até porque há uma necessidade para outras doenças e agravos, mas é claro que em caso de recrudescimento da pandemia o Hospital terá que reativar esses leitos novamente. Com o ritmo da vacinação e a queda nas internações em relação ao mês de julho, nós esperamos e torcemos para que isso não seja mais preciso”, declarou, em nota.

De acordo com o secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, a redução não significa que o município esteja baixando a guarda. “As equipes técnicas avaliaram por mais de sete semanas e sempre com ocupação abaixo dos cinquenta por cento” disse o secretário. “É claro que, num primeiro sinal de alerta, o processo terá que ser revisto e uma nova adequação será feita”, ressaltou Danilo.  

PARTICULARES

A tendência de queda também se reflete nos hospitais particulares da cidade. O Hospital São Lucas está com 80% de ocupação, mas em contrapartida não havia nenhum paciente em leitos de enfermaria na segunda-feira (16), fato que se repetiu nesta terça-feira (17). O Hospital São Francisco está com 30% de ocupação e o da Unimed, com 44,45%. A taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 41,18% de leitos de UTI (68 leitos com 28 ocupados) e de 23,69% de leitos de enfermaria (76 leitos com 18 ocupados).

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat