Últimas Notícias

Jussania Oliveira: Vem, 2022!: Como a pandemia nos impactou e o que esperamos para o próximo ano

- Advertisement -

Após dois anos de isolamento, angústia, medo, incertezas e a perda de milhares de vidas para a Covid-19, se você está vivo e bem para a chegada do ano novo, é um grande privilegiado.

E mais ainda, se conseguiu passar por estes dois anos de pandemia sem perder ninguém da família ou alguém próximo, e também não foi contaminado, meu amigo, eu vou te dizer, você praticamente ganhou na loteria.

Penso que um dos grandes ganhos deste período sombrio foi a oportunidade de reavaliarmos conceitos e padrões estabelecidos e descobrirmos o que realmente tem valor nesta vida (que é tão efêmera).

- Advertisement -

Sentimos falta da presença de pessoas importantes para nós, dos abraços e beijos, da liberdade de ir e vir, do simples (mas saudoso) respirar sem máscara.

Estaremos, para sempre, registrados na história como aqueles que atravessaram uma grande pandemia.

E o mais assustador é que ainda não estamos completamente livres dela. Ainda não temos conhecimento e pesquisas suficientes que nos façam sentir seguros e capazes de voltar à vida “normal”.

Penso que o nosso antigo “normal” não retornará.  Precisaremos nos adaptar a uma nova forma de viver e conviver.

E minha grande preocupação, como profissional da saúde mental, é o que teremos de sequelas e danos deste longo e sofrido período.

Sim, porque notoriamente os casos de transtornos de ansiedade, depressão e problemas de relacionamento aumentaram absurdamente.

Não tenho conseguido atender a demanda de novos pacientes e a tendência é aumentar ainda mais, pois muitas pessoas deixam para começar a dieta, a academia, o cuidar da saúde para o início do próximo ano.

No entanto, o que gostaria de deixar para a reflexão de vocês é: o que você aprendeu com esta experiência? O que mudou na sua vida nos últimos dois anos? Como está o seu relacionamento familiar e conjugal? Como se sente emocionalmente?

Com tudo isso, desejo que as suas expectativas, planos e desejos para 2022 sejam mais leves, alcançáveis e muito mais voltadas para a recuperação de sua saúde mental.

Não projete grandes objetivos. Todo ano, muitas pessoas fazem isso e, quando chegam no final e descobrem que não realizaram 30% do que planejaram, sentem-se frustrados e fracassados.

Seja mais modesto em seus objetivos. Coloque metas menores e mais facilmente atingíveis. E, se por ventura, não realizar nem os 30%, está tudo bem!

Lembre-se: Você está vivo! E estar vivo te dá a possibilidade e autonomia de realizar o que desejar.

Na verdade, ter passado por este período tenebroso e estar aí para contar história é o seu maior presente! O privilégio de estar vivo e poder rever comportamentos, mudar o que desejar e repensar suas atitudes te faz um grande vencedor!

Então, lindezas da Ju, espere 2022 com o coração pleno de gratidão, convicto em buscar fazer o seu melhor e se tornar sua melhor versão.

E estaremos juntos no próximo ano, para compartilharmos ideias, conhecimento e aprendermos muito sobre o que é realmente ser feliz e saudável para você!

Feliz 2022!

Beijo da Ju!

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Não Perca

Fique Sempre INFORMADO!

Receba em seu email as últimas notícias de americana e região!

WhatsApp chat