Últimas Notícias

Coach desafia grupo a subir pico de alto risco sem equipamento e precisa ser resgatado

- Advertisement -

Resgate no Pico dos Marins levou nove horas; participantes enfrentaram chuva, temperatura próxima de 0ºC e risco de hipotermia

Um grupo de 32 pessoas precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros após nove horas de operações após ter sido conduzido pelo coach Pablo Marçal a uma trilha de escalada no Pico dos Marins, localizado na cidade de Piquete, no interior de São Paulo sem os equipamentos necessários e em uma época não propícia para esse tipo de atividade.

A expedição havia começado na última quarta-feira (5). O coach, que tem mais de 2 milhões de seguidores no Instagram, prometia aos participantes, grupo de mais 60 pessoas, que ao fim do percurso eles receberiam “códigos que destravassem a mente”. Das mais de 60 pessoas que participavam da escalada no início, apenas 32 continuaram. Com barracas arrastadas pelo vento, chuvas e uma temperatura próxima de 0ºC causando risco de hipotermia, o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado e o resgate durou cerca de 9 horas.

- Advertisement -

O cume do Pico dos Marins, embora seja muito requisitado para atividades de montanhismo, requer um nível de preparo considerado pesado, de acordo com especialistas. São cerca de 2,4 mil metros de altitude e demora-se cerca de oito horas para chegar ao topo. Nas redes sociais, bombeiros que participaram do resgate chamaram o coach de “irresponsável” e “fanfarrão”. Em 2009, um turista francês especializado em montanhismo e com todos os equipamentos necessários foi encontrado morto após se perder. O coach minimizou o ocorrido em suas redes sociais, afirmando que “se você não corre risco dificilmente você vai chegar no topo”.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas