Pesquisar
Close this search box.

Agência Brasil

Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos

veto Lula saidinha de presos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou, com veto, nesta quinta-feira (11), o projeto de lei que acaba com as saídas temporárias de presos em feriados e datas comemorativas. A informação foi confirmada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O presidente vetou apenas o trecho que impedia a saída temporária para presos que querem visitar suas famílias. A saidinha, como é conhecido o benefício, vale para detentos que já estão em regime semiaberto.

Lula manteve a parte do texto que proíbe a saída para condenados por crimes hediondos e violentos, como estupro, homicídio e tráfico de drogas.

Pela legislação atual, presos que estão no semiaberto, que já cumpriram um sexto do total da pena e que possuem bom comportamento podem deixar presídio por cinco dias para visitar a família em feriados, estudar fora ou participar de atividades de ressocialização.

Antes de ser sancionado pela presidência da República, o projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado. A parte da lei que foi vetada será reavaliada pelo Congresso, que poderá derrubar o veto do presidente.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Brasil

29 maio 2024

O Congresso Nacional derrubou os vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à lei que restringe a saída temporária

Brasil

28 maio 2024

A juventude brasileira contará com mais um programa de qualificação social e profissional para inclusão e permanência no mercado de

Política

22 maio 2024

Na reunião ordinária da Câmara de Americana desta terça-feira (21), um incidente inusitado chamou a atenção dos presentes e provocou

Política

19 maio 2024

O deputado estadual Bruno Zambelli (PL) esteve neste domingo (19) em Hortolândia para o lançamento da pré-campanha do candidato à

Brasil

17 maio 2024

O feriado de Corpus Christi, este ano, cai no dia 30 de maio, quinta-feira. Bem próximo a São Paulo e

Brasil

16 maio 2024

Em uma vitória momentânea da Direita na Câmara dos Deputados, foi retirado de pauta nesta semana um Projeto de Lei