Últimas Notícias

Americana lança Programa TODAS in-Rede voltado para mulheres com deficiência

- Advertisement -

O evento é aberto ao público e acontece das 10h às 12h, no Plenário da Câmara Municipal, à Avenida Monsenhor Bruno Nardini, 1835, no Jardim Miriam

A Prefeitura de Americana, em parceria com a Secretaria Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência do Governo do Estado, apresenta na próxima segunda-feira (25) o Programa TODAS in-Rede, com o objetivo de promover o empoderamento e a emancipação das mulheres com deficiência. O evento é aberto ao público e acontece das 10h às 12h, no Plenário da Câmara Municipal, à Avenida Monsenhor Bruno Nardini, 1835, no Jardim Miriam.

A apresentação será feita pela secretária estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Aracélia Lúcia Costa e, na ocasião, o prefeito Chico Sardelli assinará o protocolo de intenções firmando o compromisso da Administração com a garantia dos direitos das pessoas com deficiência.

- Advertisement -

O Programa TODAS in-Rede estabelece parceria entre municípios e o Estado, com a promoção de atividades focadas no bem-estar de mulheres com deficiência, visando favorecer a melhoria da qualidade de vida e a inclusão social. O programa é dividido em quatro pilares de trabalho: Trabalho, renda e autonomia econômica; Prevenção à Violência; Direitos afetivos, sexuais e reprodutivos; e Empoderamento, autoestima e liderança.

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes, comemorou a iniciativa: “A Lei Brasileira de Inclusão assegura e promove, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais pelas pessoas com deficiência com vistas à plena inclusão e participação na sociedade como sujeitos de direitos e deveres. Trazer ao conhecimento da população de Americana sobre esse Programa reafirma a postura dessa gestão, que trabalha em prol dos munícipes de forma inteligente e humana”, declarou.

A apresentação do Programa TODAS in-Rede é aberta a toda população, em especial a representantes dos órgãos ligados à defesa dos direitos humanos, conselhos municipais, forças de segurança ligadas à defesa da mulher, frentes feministas, promotoras legais populares, universidades, agentes promotores de desenvolvimento econômico e órgãos ligados à saúde, educação e administração pública.

De acordo com a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Mary Gonçalves, a adesão do município decorre da visita do grupo à sede da secretaria estadual em São Paulo, quando foi apresentado o Programa TODAS in-Rede.

- Advertisement -

Latest Posts

Mais Lidas