Últimas Notícias

Construção da nova estação elevatória de esgoto avança na Praia Azul

- Advertisement -

A região da Praia Azul está recebendo um investimento de R$4,6 milhões na área de saneamento

A região da Praia Azul está recebendo um investimento de R$4,6 milhões na área de saneamento. O prefeito de Americana, Chico Sardelli, visitou hoje (20) as obras de construção da nova Estação Elevatória de Esgoto Balneário Salto Grande (EEE 17), que estão sendo realizadas nas proximidades da orla. Ele estava acompanhado pelo vice-prefeito Odir Demarchi e do superintendente do Departamento de Água e Esgoto (DAE), Carlos Cesar Gimenez Zappia.

O prefeito reforçou que o investimento vai proporcionar benefícios não apenas de infraestrutura, mas também ambientais. “A atual elevatória que temos aqui já não suporta mais a demanda. Essa região cresceu muito e com o aumento populacional, temos a geração de mais esgoto também. Uma obra importante, moderna e que atende às necessidades desta localidade e garante uma maior preservação ambiental”, destacou Chico.

As obras no local estão na fase de solo, com escavações para a preparação do tanque que ficará subterrâneo. Zappia explicou que, na sequência, serão realizadas as obras de fundação, que são aquelas que sustentarão a construção efetivamente da casa de bombas. “É uma região delicada por estar na orla e o solo receber influência da água da represa, por isso, essa etapa das obras de infraestrutura inicial, de movimentação de solo, de base para o reservatório de esgoto que será construído, acaba levando um tempo maior”, informou.

A nova estação elevatória terá maior capacidade de reservação e de bombeamento de esgoto. “Mudamos a linha de bombeamento. Antes subia pela Rua Maranhão e nos pontos de chegada passava a ter um forte odor. Agora, ela vai passar por dentro, pelo outro lado, e não terão mais esses pontos de parada, acabando com esses odores”, afirmou Zappia.

Os serviços estão sendo executados pela empresa Penascal Engenharia e Construção, vencedora do processo licitatório. Os recursos são provenientes de convênio firmado com a Caixa Econômica Federal, por meio do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), linha de crédito para a realização de obras viárias e de saneamento a juros abaixo do valor de mercado. As obras devem estar concluídas no prazo de oito meses.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas