Beto Silva

Holocausto: moção de repúdio a Lula tem discussão acalorada e pedido de vistas

Discussão sobre moção de repúdio a Lula durou 15 minutos.

A votação de uma moção de repúdio às declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ao comparar os ataques de Israel aos palestinos ao Holocausto da 2ª Guerra Mundial, causou discussão entre os vereadores Marschelo Meche (PL) e a petista Professora Juliana durante reunião ordinária da Câmara Municipal de Americana nesta terça-feira (27).

A propositura foi apresentada pela bancada do PL formada por Meche, Marcos Caetano e Silvio Dourado. Meche classificou a fala de Lula como ‘imprudente e inaceitável’ e destacou uma possível ameaça às relações internacionais entre Brasil e Israel. Em um discurso inflamado, o autor se referiu à comparação como desastrosa e não poupou críticas ao presidente da República. Ele apelou para que a moção tivesse aprovação unânime pela Casa.

A Professora Juliana, por sua vez, se referiu à iniciativa da bancada do PL como oportunista e desinformada, ‘carregada de polarização e discurso de ódio’ e defendeu que a fala do petista mostra compromisso com a paz ao se referir ao conflito étnico e racial na Faixa de Gaza.

Após 15 minutos, a discussão foi encerrada com o pedido de vistas à matéria apresentado pelo tucano Wagner Malheiros.

Durante a reunião ordinária desta terça-feira (27), os vereadores aprovaram ainda três projetos de lei durante a sessão ordinária realizada nesta quinta-feira. Foram aprovados ainda trinta requerimentos e onze indicações e apresentadas 199 indicações.

Atendimento Virtual da Receita Federal

Foi aprovado por unanimidade em segunda discussão o projeto de lei de autoria do Poder Executivo, que autoriza a celebração de acordo de cooperação técnica com a secretaria especial da Receita Federal para fins de instalação de Ponto de Atendimento Virtual no município.

Estagiários ao Poder Judiciário

Também por unanimidade, foi aprovado o projeto de lei de autoria do Executivo, que autoriza a prefeitura credenciar e ceder ao TJ-SP ( Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) adolescentes matriculados no SOMA (Serviço de Orientação Multidisciplinar para Adolescentes de Americana) para a realização de estágio educativo nas unidades judiciárias do município.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cidades

20 abr 2024

O prefeito de Americana, Chico Sardelli (PL), acompanhado do vice-prefeito Odir Demarchi, entregou neste sábado (20) a revitalização da Praça

Cidades

20 abr 2024

A 2ª Rota Cervejeira de Americana acontece neste fim de semana no CCL (Centro de Cultura e Lazer), na Avenida

Cidades

19 abr 2024

Santa Bárbara está prestes a ganhar um novo centro comercial e gastronômico que promete encantar moradores e visitantes. Nas próximas

Cidades

18 abr 2024

O mistério que envolvia o Americana Mall finalmente chegou ao fim. Depois de muita expectativa, o shopping de Americana tem

Cidades

18 abr 2024

O prefeito Chico Sardelli anunciou nesta quinta-feira (18) a revitalização de mais 10 praças em Americana. Com recursos próprios da

Cidades

18 abr 2024

Maristela Bellini Furlan Vilela, moradora de 44 anos do bairro Residencial Furlan, está desaparecida desde terça (16). Segundo relatos, a