Últimas Notícias

Obras emergenciais do viaduto da SP-304 em Santa Bárbara devem começar em 15 dias

- Advertisement -

O viaduto está interditado desde o dia 18 de setembro de 2021, quando um acidente com caminhão comprometeu a estrutura do local

Uma comissão de vereadores da Câmara Municipal e o vice-prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Felipe Sanches, acompanharam, nesta manhã (25), em Rio Claro, a assinatura do contrato para realização das obras emergenciais no viaduto da SP-304 (Luiz de Queiroz), na altura do quilômetro 139. A assinatura foi realizada pelo engenheiro Danilo Dezan, diretor regional do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), e a obra deve ser iniciada em 15 dias.

A comitiva do Legislativo barbarense, além da presença do presidente da Câmara, Joel do Gás (PV), também contou com a participação dos vereadores Bachin Jr (MDB), Carlão Motorista (Republicanos), Carlos Fontes (União Brasil) e Joi Fornasari (PV). Desde o ano passado, os parlamentares apresentaram diferentes reivindicações ao DER e ao governo estadual pelo conserto e reabertura desse viaduto, interditado desde 18 de setembro, quando um acidente com caminhão comprometeu a estrutura do local.

- Advertisement -

Devido à demora na liberação desse viaduto, o vereador Joi Fornasari ingressou com uma ação no Ministério Público, solicitando providências o mais rápido possível. No último dia 14, o vereador Carlos Fontes promoveu uma manifestação nessa ponte, com a participação de mais seis parlamentares, na qual eles reivindicavam o conserto emergencial e reabertura do viaduto.

Segundo informou o diretor regional do DER, a empresa terá 15 dias para iniciar as obras e o prazo para a execução é de 90 dias a partir do início dos trabalhos. O valor dessa obra é de R$ 995 mil e a empresa contratada é a G20 Gerenciamento de Obras LTDA.

“Estamos com este viaduto interditado há muito tempo, trazendo transtorno à população. Na reunião foram discutidos vários assuntos, mas o mais importante foi a assinatura da ordem de serviço, para início das obras em 15 dias. Outra questão importante foi relativa ao estudo para o rebaixamento da malha asfáltica debaixo da ponte, com o intuito de evitar novas colisões de carretas com o viaduto”, finalizou o presidente da Câmara, Joel do Gás.

Foto: Jornal Americanense

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas