Redação Jornal Americanense

Lançamento infantojuvenil da Editora Adonis reúne escritora e ilustradora premiadas

Um livro infantojuvenil sobre um menino e sua busca por coragem, com o auxílio de um poderoso aliado, é o novo lançamento da Editora Adonis. ‘Coragem para voar’ é uma história escrita por Telma Guimarães e ilustrada por Suzane Lopes. A publicação será lançada em Adonópolis no sábado (27), às 10 horas. Para a participação gratuita no evento, é necessária inscrição prévia no site (adonopolis.com.br).

A personagem principal do novo lançamento da Editora Adonis não tem um nome e, por isso, pode representar qualquer criança, em seus primeiros passeios de bicicleta, com aquele temido risco de cair. “Quando criança, eu não fazia grandes estripulias. Não andava de bicicleta nem subia em árvores. Ah, mas fazia tudo isso em meus cadernos. E bem caprichado, como o personagem deste livro. Nesta história, sonho e realidade se misturam. Como nos livros!”, revela Telma.

Assim como para a personagem do livro, a escritora explica a importância que os cadernos representavam em sua infância. “Voei para dentro de histórias, as folhas eram capas voadoras, as canetas, pincéis que ilustravam meus textos. E assim voo até hoje, sem medo de riscos. Foi preciso coragem para voar. E pra nunca desistir dos sonhos e vontades”.

Telma aprendeu a andar de bicicleta quando os filhos já eram crescidos. Curiosamente, a ilustradora Suzane Lopes também já confessou ter sentido aquele frio na barriga em relação ao veículo de duas rodas. “Suzane é muito parecida com o menino, personagem da história, ela se identificou… E também fez, nesse lindo trabalho, personagens com características muito brasileiras. Ela fez a gente!”, destaca a escritora. Suzane Lopes assinou as ilustrações do livro ‘Óculos de cor: ver e não enxergar’ que recebeu o Prêmio Jabuti 2023, na Categoria Juvenil.

“Não sei andar direito de bicicleta. Quando criança, tive uma queda e isso traumatizou. E depois desse livro, deu vontade de voltar a aprender’, revela Suzane. “Esse é um livro com textura e com um pouco de realismo. Pensei em uma paleta de cores em tons de tarde porque há uma poética alí da infância, de entender sobre si”, completa.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cultura

29 fev 2024

Pêndulo lunar, o incrível globo da morte, malabaristas, contorcionistas, equilibristas, mágicos e Homem-Aranha: essas são apenas algumas das atrações do

Cultura

26 fev 2024

Terminam nesta quarta-feira (28) as inscrições para o processo seletivo do Corda Coral “Maestrina Marília Andrade”, mantido pela Secretaria de

Cultura

26 fev 2024

Cinema ao ar livre, pipoca, diversão em família, tudo de graça, com sustentabilidade, ciências e tecnologia. O encanto do CineSolar,

Cultura

23 fev 2024

O prefeito Chico Sardelli anunciou, nesta sexta-feira (23), mais um evento cultural para Americana. É o festival “Itália na Brasil”,

Cultura

23 fev 2024

A partir de 22 de fevereiro, o Shopping ParkCity Sumaré recebe a exposição “Fé, Orgulho e Brasilidade” do artista visual

Cidades, Cultura

20 fev 2024

A 25ª edição do espetáculo Via Crucis de Santa Bárbara d’Oeste foi lançada oficialmente nesta terça-feira (20). Os protagonistas Brunna