Pesquisar
Close this search box.

Redação Jornal Americanense

Santa Bárbara recebe sessões gratuitas de cinema movido a energia solar

Como parte do projeto, Oficinema Solar será realizada nesta quarta (31) no Tricânico

Com patrocínio da CPFL Energia e apoio do Instituto CPFL, o Parque dos Jacarandás, em Santa Bárbara d’Oeste, receberá no dia 7 de setembro o projeto CineSolarzinho, com exibição de curtas-metragens brasileiros e o filme “Turma da Mônica – Laços”, além de um curta especial produzido durante uma oficina com temática socioambiental no Centro Cultural Edgard Tricânico D’Elboux, a partir das 18 horas.

Na sessão, que tem entrada gratuita e distribuição de pipoca, o público poderá conhecer a estação móvel de ciências, arte, tecnologia, sustentabilidade e cultura de paz, instalada no próprio veículo que carrega todo o cinema e que tem muitas atrações para toda a família.

O CineSolar – que tem a versão CineSolarzinho para o público infantil – é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável: a energia solar. Funciona através de duas vans, batizadas de Tupã e Mahura, que foram grafitadas e adaptadas com as placas fotovoltaicas e o sistema de conversão de energia e armazenamento, com 20 horas de autonomia. Cada van também carrega 110 cadeiras e banquetas para o público e todo o sistema de som e projeção para o cinema. Além de tudo isso, o espaço se transforma em uma estação móvel de ciências, arte, tecnologia, sustentabilidade e cultura de paz.

O projeto viaja por várias regiões do País para realizar sessões gratuitas de cinema, com o objetivo de democratizar o acesso às produções audiovisuais (principalmente nacionais), promover ações e práticas sustentáveis, a inclusão social, difundir a tecnologia da geração de energia fotovoltaica e levar alegria com a temática socioambiental a todas as pessoas.

Oficinema on-line

Além das sessões de cinema, o CineSolarzinho realiza diversas oficinas que integram arte, tecnologia e sustentabilidade, e difundem práticas sustentáveis para o dia a dia, desde a separação dos lixos à reutilização de materiais recicláveis.

Em Santa Bárbara d’Oeste, o projeto contempla a Oficinema Solar on-line, que utiliza a linguagem audiovisual e a educação ambiental, com crianças e jovens estudantes da rede pública. O encontro acontecerá nesta quarta-feira (31), das 14 às 17 horas, no Centro Cultural “Edgard Tricânico D’Elboux”, com alunos do Ensino Fundamental II da Escola Estadual “Luzia Baruque Kirche”. A atividade também é aberta ao público de 10 a 17 anos, sem necessidade de inscrição.

A 2ª Edição do CineSolarzinho é viabilizada pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da CPFL Energia e apoio do Instituto CPFL e da Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, e é realizada pela Brazucah Produções e pelo Ministério do Turismo.

Programação:

Santa Bárbara d’Oeste | Sessão Cinema

Dia 7 de setembro (quarta-feira)

18h – Sessão de curtas-metragens

19h – ‘Turma da Mônica – Laços’

Atrações: pipoca e estação móvel de ciências, arte, tecnologia, sustentabilidade e cultura de paz

Local: Parque dos Jacarandás – Rua do Estanho, s/nº, Mollon IV – Santa Bárbara d’Oeste/SP

Local em caso de chuva: CEU das Artes “Ariovaldo Inácio – Vardão” – Rua Argeu Egídio dos Santos, 100, Planalto do Sol II

Entrada gratuita

Sinopses dos filmes:

– ‘Nimbus, O Caçador de Nuvens’ – Diretor: Marco Nick – Duração: 15 minutos – Animação/2016 – Minas Gerais – Livre

Durante uma tempestade, Nimbus se aventura pela floresta para capturar nuvens imensas e furiosas.

– ‘Aurora, a rua que queria ser rio’ – Diretora: Radhi Meron – São Paulo – Duração: 10 minutos – Animação/2021 – Livre

Se as ruas pudessem falar, o que diriam? Aurora é uma solitária rua de uma grande cidade. Em um dia de chuva solitário, ela relembra sua trajetória e sonha com o futuro e se pergunta: “é possível uma rua morrer?”.

– ‘Clandestino’ – Diretor: Baruch Blumberg – Sergipe – Duração: 24 minutos – Ficção/2017 – Livre

Tereza é uma garota comum, com uma imaginação nada comum. No caminho para encontrar sua mãe e entregar uma encomenda muito preciosa, sua imaginação corre livre pelas paisagens do interior, enquanto ela vai viver aventuras ao lado de sua avó.

– ‘Guri’ – Diretor: Adriano Monteiro – Espírito Santo – Duração: 12 minutos – Ficção/2019 – Livre

Victor é um menino de 12 anos que sonha em vencer um campeonato de Bolinha de Gude do seu bairro.

– ‘As aventuras de Pety’ – Diretora: Anahi Borges – São Paulo – Duração: 14 minutos – Animação/2019 – Livre

O filme tem início quando, no céu de Tutameia, surge um lindo e majestoso arco-íris. Em busca do baú de ouro, Pety e seus amigos partem em direção ao bosque da cidade, onde vivem aventuras com seres fantásticos do folclore brasileiro e descobrem que o verdadeiro tesouro pode estar muito mais próximo do que se imagina.

– ‘Turma da Mônica: Laços’ – Diretor: Daniel Rezende – Brasil/2019, 97 minutos – Aventura, comédia e família

Cebolinha está agoniado, pois o seu cachorro, Floquinho, simplesmente sumiu. Agora, ele e seus amigos Mônica, Magali e Cascão bolam um plano para resgatar o bichinho. Mas a turma encontra um grupo rival, transformando a noite numa busca cheia de perigos.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cultura

17 maio 2024

O 10º Encontro de Ferreomodelismo da Região Metropolitana de Campinas acontecerá neste sábado (18), das 9h às 20h, na Estação

Cultura

17 maio 2024

Adonópolis, espaço criado pela Editora Adonis, completa nesta terça-feira (14) dois anos. Para comemorar o aniversário, um evento gratuito será

Cultura

17 maio 2024

O Teatro Municipal Lulu Benencase tem uma atração em cartaz para o público infantil neste domingo (19), com “Chapeuzinho Vermelho”,

Cultura

16 maio 2024

Começou nesta quarta-feira (15) a retirada dos ingressos para a apresentação da ópera “Suor Angelica”, de Giacomo Puccini, no Teatro

Cultura

16 maio 2024

O Teatro Municipal Lulu Benencase recebe neste sábado (18) o stand-up “Improvável”, em duas sessões: às 19h e às 21h.

Cultura

16 maio 2024

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, abriu as inscrições para a edição