Redação Jornal Americanense

Homem é condenado a 11 anos de prisão por matar esposa grávida de seis meses

Homem é condenado a 11 anos de prisão por matar esposa grávida de seis meses

Um homem foi condenado a 11 anos de prisão pelo feminicídio de sua esposa grávida de seis meses, ocorrido em sua residência em Americana. O crime resultou na morte não apenas da esposa grávida, mas também do feto, que não teve a chance de nascer.

O julgamento ocorreu no dia 20 de março no Fórum de Americana, onde o réu foi considerado culpado pelo assassinato de Mônica Vieira Oliveira Silva, de 27 anos, e por provocar o aborto sem consentimento da gestante.

A tragédia abalou a comunidade local, levantando questões sobre a violência doméstica e a proteção das mulheres grávidas.

Apesar da gravidade dos crimes, o réu terá o direito de aguardar o recurso em liberdade.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Polícia

15 abr 2024

No último final de semana, a Marinha do Brasil, com o apoio crucial do Grupo de Proteção Ambiental (GPA), desencadeou

Polícia

14 abr 2024

Neste domingo (14), um acidente ocorreu em Limeira, quando um ônibus colidiu contra um posto de gasolina. Segundo informações da

Polícia

10 abr 2024

Celso Sales da Costa, um homem de 40 anos, morreu nesta terça-feira (9) após ser atropelado por um caminhão na

Polícia

9 abr 2024

Na noite desta segunda-feira (08), por volta das 19h20, uma equipe do GPA (Grupo de Proteção Ambiental) da Guarda Municipal

Polícia

9 abr 2024

Após um julgamento por júri popular, João Vitor Alcântara, responsável pelo assassinato a facadas de Rafaela da Silva, ocorrido em

Polícia

8 abr 2024

Durante uma operação de combate à alcoolemia, realizada pela Polícia Militar na madrugada deste domingo (6), um motorista em fuga