Redação Jornal Americanense

Denis Andia fará a gestão de R$48,8 bilhões do novo PAC

Em evento realizado no Rio de Janeiro, na última sexta-feira (11), o Governo Federal fez o lançamento do novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e anunciou grandes investimentos em infraestrutura para diversas áreas.

A Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, comandada pelo barbarense Denis Andia, ficou com uma das maiores fatias do programa e será responsável por R$ 48,8 bilhões, que serão investidos em obras estruturantes para o transporte público coletivo de alta e média capacidade, como sistemas de trens, metrôs, VLTs e BRTs, em todas as regiões metropolitanas do país. Além disso, uma parte dos recursos será destinada à renovação das frotas de transporte em massa, à compra de ônibus elétricos e à mobilidade ativa.

“São quase R$ 50 bilhões em investimentos diretos. Esse é um grande desafio e me sinto muito preparado para realizar o melhor trabalho possível pelos brasileiros. Nosso empenho é para que cada projeto saia do papel e se transforme em realidade para os brasileiros que mais precisam de transporte público no seu dia a dia. O olhar é para as pessoas que dependem dele para acessar os serviços públicos de saúde e educação, para quem trabalha ou mesmo procura emprego. Nas grandes capitais, esses investimentos permitirão reduzir o tempo do cidadão dentro do transporte público, devolvendo qualidade à sua vida pessoal e familiar”, comentou Denis Andia, secretário nacional de mobilidade urbana.

O Novo PAC pretende alavancar novas obras e gerar cerca de 4 milhões de empregos em todo o Brasil. Em paralelo, diversas obras paralisadas ao longo dos últimos anos também receberão atenção especial e recursos para serem retomadas e concluídas. Na área de mobilidade urbana e transporte público, as novas obras seguem inicialmente as sugestões propostas pelos governadores dos estados. Cerca de dez estados foram contemplados inicialmente e outras novas seleções serão abertas para todo o país.

“Ao longo dos últimos meses, avaliamos as propostas recebidas para as grandes obras solicitadas pelos governos estaduais. Fico feliz, como paulista, de ver que a solicitação feita pelo Governo do Estado de São Paulo para a linha 2 do metrô será um dos investimentos do PAC, serão mais de R$ 3 bilhões para os paulistas. Além disso, outras 11 obras serão concluídas ou retomadas e vão gerar mais empregos dentro do estado’, lembrou Andia.

Uma dos novos eixos de investimentos do PAC, dentro da mobilidade urbana, contempla investimentos para a renovação da frota do transporte público coletivo em todo o país e, em especial, visa a introdução cada vez maior de ônibus movidos a eletricidade ou outras fontes não poluentes. No mesmo sentido da sustentabilidade, o programa também destina recursos para a mobilidade ativa e o incentivo ao deslocamento individual sustentável, sem a emissão de poluentes.

“Essa é uma preocupação muito forte que o programa traz, com o estímulo e investimentos para a descarbonização do transporte coletivo e individual dos brasileiros. Esse eixo de ação também vai ao encontro das necessidades do setor de transporte público coletivo por ônibus, que precisa se modernizar, equilibrar e atrair parte dos passageiros perdidos nesse período pós-pandemia”, ressaltou o secretário nacional do Ministério das Cidades.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Política

19 fev 2024

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, voltou a criticar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por

Política

16 fev 2024

Os vereadores de Americana acataram três vetos do Poder Executivo durante a sessão ordinária desta quinta-feira (15). Com 16 votos

Política

14 fev 2024

O ex-vereador de Americana, Valdecir Duzzi, foi nomeado representante estadual contra a doença degenerativa ELA. Duzzi perdeu a irmã, Doraci

Política

14 fev 2024

A ex-vereadora de Americana, Maria Giovana Fortunato (PDT), anunciou sua pré-candidatura à prefeitura de Americana, no domingo (11). Será a

Política

9 fev 2024

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Rafael Piovezan, retirou nesta sexta-feira (9) da Câmara Municipal o projeto de lei que

Política

7 fev 2024

Após oito meses de análise, o processo envolvendo denúncia de uso partidário do gabinete contra a vereadora Professora Juliana (PT)