Redação Jornal Americanense

Macris pede convocação do ministro para explicar aumento dos combustíveis

Para o parlamentar, é preciso medidas fortes

O deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) apresentou requerimento de convocação para que o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, preste esclarecimentos sobre os recorrentes aumentos nos preços dos combustíveis. Para o parlamentar, é preciso medidas fortes.

Macris divulgou a apresentação do requerimento nesta quarta-feira (1º), durante o XXI Seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas, realizado pela Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados. O parlamentar moderou o segundo painel do evento, intitulado “Política de preços da Petrobras e o impacto no Transporte Rodoviário de Cargas”.

“Os combustíveis estão tendo aumentos recorrentes e os produtos essenciais para a população são transportados por este meio. Consequentemente, o custo deste carregamento é repassado nos preços”, argumentou Macris. Ainda segundo ele, o governo Federal precisa dar explicações e é “muito importante que ele [ministro de Minas e Energia] informe o que está sendo feito para controlar estes preços elevados e que hajam medidas robustas e enérgicas”.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Política

19 fev 2024

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, voltou a criticar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por

Política

16 fev 2024

Os vereadores de Americana acataram três vetos do Poder Executivo durante a sessão ordinária desta quinta-feira (15). Com 16 votos

Política

14 fev 2024

O ex-vereador de Americana, Valdecir Duzzi, foi nomeado representante estadual contra a doença degenerativa ELA. Duzzi perdeu a irmã, Doraci

Política

14 fev 2024

A ex-vereadora de Americana, Maria Giovana Fortunato (PDT), anunciou sua pré-candidatura à prefeitura de Americana, no domingo (11). Será a

Política

9 fev 2024

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Rafael Piovezan, retirou nesta sexta-feira (9) da Câmara Municipal o projeto de lei que

Política

7 fev 2024

Após oito meses de análise, o processo envolvendo denúncia de uso partidário do gabinete contra a vereadora Professora Juliana (PT)