Últimas Notícias

Jussania Oliveira: O Poder do Elogio

- Advertisement -

É sabido que todos nascemos com a necessidade de sermos amados, reconhecidos e admirados. É uma necessidade humana.

Este reforço positivo é um dos principais fatores que formam nossa autoestima.

Através deste reconhecimento vamos construindo nossa segurança, confiança e amor próprio. Aprendemos a nos admirar e a gostar da pessoa que nos tornamos.

- Advertisement -

No entanto, infelizmente, muitos não são criados e educados em ambientes que favoreçam esta construção positiva de si mesmo. E, além de não haver a valorização positiva, o sujeito pode crescer num ambiente que o critique exageradamente, que o menospreze, que invalide qualquer coisa que faça e, assim, vai sendo construído um ser humano inseguro, medroso, que não acredita em si mesmo e que se inferioriza a maior parte do tempo.

Esta pessoa poderá ter sérios problemas em seus relacionamentos pessoais, familiares, profissionais e sexuais.

Este é um tema bastante amplo, mas vou tentar dar alguns exemplos a vocês.

Uma pessoa criada em um ambiente hostil, de extrema cobrança, com pouco ou nada de reconhecimento e sem demonstrações de afeto, potencialmente pode se transformar em alguém que não confia nas pessoas, que pensa que será abandonado ou traído na primeira oportunidade, que não é capaz de alcançar determinada promoção em seu trabalho, que acha que ninguém vai gostar dele… Pode desenvolver patologias como transtornos de ansiedade, depressão, comportamentos antissociais, dentre outros.

Existem vários vídeos que mostram como uma pessoa reage quando recebe algum elogio. Em geral, ficam sem graça, constrangidas e desconfiadas do motivo pelo qual estão sendo elogiadas. Que triste isto…

É também bastante comum tecermos algum elogio e a própria pessoa negar ou tentar justificar se maneira negativa, como por exemplo:

– Nossa, fulana, você ficou linda com este vestido!

– Ah, que nada! É tão velho! E paguei 19,99!

Esta maneira de responder a um elogio mostra claramente que esta pessoa não só não está acostumada com o reconhecimento, como tenta invalidar o elogio.

Pare e pense um pouco: quando foi a última vez que fez um elogio a alguém? Para quem foi? Como a pessoa reagiu?

E quando foi a última vez que você recebeu um elogio? De quem foi? Como se sentiu?

Penso que é tão simples e fácil tecer algum elogio a alguém… E as pessoas não fazem ideia do efeito que isso pode causar no dia, na semana, no mês, na vida de alguém… elogios que vão desde um: “que sorriso lindo você tem!” a um: “você executou este trabalho muito bem! Parabéns!”

Vivemos em um mundo tão competitivo e egoísta que muitas pessoas são incapazes de fazer um elogio a alguém com medo de perderem algo, de estarem fortalecendo o outro em detrimento de si mesmos.

Não, meus lindos! Só é capaz de enxergar a luz do outro quem tem luz própria!

E se você não tem o hábito de elogiar, nunca é tarde para começar! Comece pelas pessoas próximas, de sua convivência, e vá espalhando para as demais (seu vizinho, o caixa do supermercado, o funcionário do banco, sua manicure…) e veja o poder transformador do elogio.

Eu não sei vocês, mas eu me sinto muito bem quando pratico o elogio e recebo um sorriso de gratidão de volta. Eu ganho o meu dia!

Que tal praticar?

Sei que vocês são capazes e merecem dar e receber este carinho!

Depois me contem os resultados!

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas