Últimas Notícias

A sua casa está cheia de eletrônicos velhos e danificados? A Rozus vai até você e coleta

- Advertisement -

Através de agendamento, a empresa se dirige ao local do cliente e realiza a retirada de notebooks monitores, fax, impressoras, telefones, celulares, tocadores de CD e DVD, televisores, além de cabos e fios em geral

Você não sabe mais o que fazer com os resíduos eletrônicos acumulados indesejadamente em sua casa ou estabelecimento? Notebooks antigos sem uso, celulares que não funcionam mais e outras peças quebradas ou danificadas ocupam muito espaço e você não sabe como descartá-los corretamente? Procurando solucionar esse problema, foi fundada a empresa Rozus, que se dirige até o local em que o cliente se encontra para realizar a coleta desses itens.

Através do telefone ou do Whatsapp (19) 99226-4242, pode-se agendar a retirada dos mais diversos eletrônicos, como notebooks e componentes, monitores, fax, impressoras, aparelhos telefônicos, celulares, tocadores de CD e DVD, televisores, além de cabos e fios em geral. A coleta é realizada gratuitamente e atende Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Sumaré e região.

- Advertisement -

O proprietário da Rozus, Lucca Ceribelli, conta que já havia operado anteriormente com coleta de itens recicláveis em condomínios, mas que a ideia de trabalhar com resíduos eletrônicos surgiu após ter acompanhado de perto feiras do setor na Alemanha. No retorno ao Brasil, a materialização do projeto tomou forma: “Logo que eu mudei para a casa onde moro agora, onde a minha sogra morava anteriormente, eu vi uma quantidade muito grande de eletrônicos descartados e ninguém sabia exatamente o que fazer, qual era o descarte correto”.

Ceribelli comenta que o processo de reutilização dos utensílios é realizado por compradores que identificam quais componentes ainda são passíveis de serem empregados novamente em outros eletrônicos, quais podem ser consertados e quais têm como destino a reciclagem. No processo, também se aproveita a presença de elementos metálicos como ouro, prata e platina.

“Eu notei que as pessoas muitas vezes querem e precisam descartar, mas por não ter acesso e não saber onde, acabam deixando lá. ‘Onde eu posso ligar? Existe algum ponto em que eu posso descartar? O que pode ser aproveitado?’ Todos ficam muito contentes quando eu apareço com a solução”, revela.

O proprietário da Rozus ainda aponta que o descarte incorreto de resíduos eletrônicos causa problemas ambientais, por isso a necessidade de profissionais especializados no serviço. “É preciso descartar adequadamente, com uma empresa capaz de manusear os eletrônicos corretamente, tomando cuidado com os elementos tóxicos e se certificando qual é o lugar apropriado para cada etapa do processo”, finaliza Ceribelli.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas