Redação Jornal Americanense

Americana vai ganhar novo serviço de acolhimento para crianças e adolescentes

O prefeito Chico Sardelli anunciou nesta terça-feira (29) no CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, a parceria de cooperação com a Organização da Sociedade Civil (OSC) Associação Brazilian Kids Care para a execução do Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes. Chico esteve ao lado do vice Odir Demarchi e da secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes. Também participaram do evento o presidente da Associação, Reinhard Fritz Hirtler, o juiz de Direito da Infância e Juventude, Dr. Wendell Lopes Barbosa de Souza, e a promotora de Justiça da Infância e Juventude, doutora Renata Calazans Nasraui.

O acolhimento será realizado para até 20 crianças e adolescentes na faixa etária de 0 a 17 anos, 11 meses e 29 dias, residentes no município de Americana, sem transferência direta de recursos financeiros públicos. A previsão é iniciar o atendimento em Americana no mês de outubro, sendo realizado até março de 2025. A parceria teve a intermediação da secretária de Assistência Social, Juliani Munhoz Fernandes, do empresário Gabriel Sacilotto, o Pituco, e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros.

“É extremamente importante para Americana este serviço para o atendimento e proteção integral das crianças e adolescentes com vínculos familiares rompidos ou fragilizados. Temos na cidade dois serviços de Organizações da Sociedade Civil, sediadas no município, mas já estão com a capacidade de vagas esgotadas. A Brazilian Kids Care tem experiência e presta este serviço em outras regiões do Brasil. O acolhimento institucional será desenvolvido por 20 meses, com recursos da própria Associação. Nosso profundo agradecimento ao Reinhard e toda a sua equipe por escolher Americana para formalizar esta parceria e ao Gabriel Sacilotto pelo apoio. Vamos cuidar da área social para que tenhamos uma vida melhor para todos. Gratidão a todas as entidades”, disse o prefeito Chico Sardelli.

O presidente da Associação contou como iniciou o trabalho em prol das crianças e adolescentes no Brasil. “Quando vi a realidade das crianças no Brasil, destruiu meu coração. Eu e minha esposa Debra tivemos a ideia desta ação. Deus é Justiça e as crianças merecem justiça e vão saber que Deus nunca as abandonará. As crianças não conseguem se defender, mas Deus defende as crianças para que se tornem homens e mulheres que irão transformar outras vidas também”, disse Reinhard.

O vice Odir destacou a união e o esforço de todos para a realização de parcerias em prol das crianças e dos adolescentes. “A união da Secretaria de Assistência Social, dos Poderes, das entidades, torna possível a viabilização de grandes ações por Americana. Não vamos admitir que nenhuma criança fique desassistida. Nossas responsabilidades estão sendo cumpridas, vencendo os desafios e buscando cada vez mais melhorias para a cidade”, disse Odir.

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes, ressaltou mais uma parceria para assegurar o atendimento às crianças e adolescentes do município. “Este é um momento muito aguardado. Americana ganha um novo acolhimento para crianças e adolescentes e mais uma entidade que se une em prol de Americana. O atendimento à criança e ao adolescente é prioridade da gestão do prefeito Chico Sardelli e do vice Odir Demarchi. Esta ação de hoje reforça esta prestação do serviço de atendimento na cidade e é muito importante para a garantia de direitos da criança e do adolescente, visando a execução de Serviço de Proteção Social Especial, dentro da Política Nacional de Assistência Social”, disse Juliani.

A promotora de Justiça da Infância e Juventude, Renata Calazans Nasraui, falou dos desafios pelos quais Americana passou e da transformação positiva nos últimos anos. “Cheguei em Americana há quase nove anos, em novembro de 2014, um período político delicado para a cidade. Americana foi se transformando positivamente com novos serviços, ações, políticas públicas de atendimento. Hoje estamos necessitando de mais atendimento porque a nossa rede de apoio e proteção também cresceu e os acolhimentos são maiores porque temos mais olhares para nossas crianças e adolescentes. A forma com que cuidamos deles hoje é como eles serão no futuro”, disse a promotora. 

“Somos uma equipe, Judiciário, Ministério Público e toda a rede de cuidados para crianças e adolescentes. Presenciamos a situação aflitiva no período pós-pandêmico. Parabenizo a todos, prefeitura, entidades que já fazem o acolhimento e o novo serviço que será incrementado com a parceria da Associação”, disse o juiz da Infância e Juventude, Wendell Lopes Barbosa de Souza.

“É um momento muito feliz para a cidade, minha carreira e para minha família poder concretizar este sonho. Agradeço a oportunidade de retribuir para a cidade de Americana e compartilhar este projeto neste momento especial para minha vida. Obrigado ao prefeito Chico Sardelli, vice Odir, toda a equipe da Assistência Social da Associação e ao Reinhard”, disse Gabriel Sacilotto.

Participaram da assinatura do termo de cooperação os secretários de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros, de Comunicação e Tecnologia da informação, Leon Botão, o presidente da Fusame, Fábio Beretta Rossi, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Mariana Zimermann, a Coordenadora de Proteção Social Especial da Secretaria, Maria Clara dos Santos Graciano, os vereadores Miguel Pires, Marcos Caetano e Thiago Martins, representantes da COASSEJE, da AAMA, entre outros convidados.

Acolhimento Institucional

Existem na cidade o abrigo institucional prestado pela AAMA – Associação Americanense de Acolhimento (Rua Paulo Setúbal, 200 – Vila Santa Inês) atendendo cerca de 20 crianças e adolescentes e a COASSEJE – Casa de Orientação e Assistência Social Seareiros de Jesus (Rua Sergipe, 35 – Jardim Colina) que atende até 20 crianças e adolescentes. Na modalidade “Família Acolhedora”, o município conta com a APAM- Associação de Promoção e Assistência de Americana (Rua dos Urais, 170 – Jardim Alvorada), para o atendimento de até 20 crianças e adolescentes.

A Prefeitura de Americana mantém parcerias com diversas instituições na prestação de serviços, projetos e programas sociais e os investimentos foram reforçados nos últimos anos. Em 2023, serão mais de R$ 12,2 milhões em ações para atender quem mais precisa. Em 2021, foram mais de R$ 7,5 milhões. Um aumento de 63% no valor repassado às entidades e organizações parceiras, com ampliação de vagas e serviços à população.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cidades

3 mar 2024

Morreu neste sábado (2), aos 58 anos, o 1º Sargento da Polícia Militar Claudinei Aparecido Ferraris, veterano do 19º Batalhão

Cidades

29 fev 2024

O governador Tarcísio de Freitas voltou à sede da B3 nesta quinta-feira (29) para bater o martelo no leilão internacional

Cidades

29 fev 2024

A Secretaria de Educação de Americana está com 18 vagas de estágio abertas para estudantes do Ensino Superior. São 12

Cidades

29 fev 2024

O Sinditec (Sindicato das Indústrias Têxteis de Americana e Região) lançou nesta quarta-feira (28) o primeiro “Concurso de Comunicação de

Cidades

28 fev 2024

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Rafael Piovezan, e a secretária da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de

Cidades

28 fev 2024

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Sumaré, por meio do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), realizará o 3º Feirão