Redação Jornal Americanense

Curso de Língua Portuguesa para imigrantes prossegue em Americana

O curso de Língua Portuguesa para imigrantes prossegue em Americana, no Centro Integrado de Educação Pública (CIEP) Professora Philomena Magaly Makluf Rossetti, no São Vito. A atividade é promovida pelas secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e de Educação, por meio do Programa Municipal de Atenção e Promoção aos Direitos Humanos de Imigrantes, Migrantes e Refugiados (MigraRe) e Comitê MigraRe.

O curso é ministrado pelo Instituto de Estudos de Linguagem (IEL) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), sob a coordenação da professora Ana Cecília Cossi Bizon, com a participação do professor Aldair Silva Miranda. 

Atualmente participam do curso 23 alunos, da faixa etária de 26 a 64 anos, provenientes da Bolívia, Venezuela, Cuba, Haiti, Colômbia, Peru e EUA.

As aulas começaram em 25 de outubro e o primeiro módulo termina em 13 de dezembro. A atividade é realizada às segundas e quartas-feiras, das 19h30 às 21h30. O segundo módulo será promovido de março a junho de 2024, também no CIEP São Vito.

Na segunda-feira (6), o tema abordado foi “Trabalho Decente”, com a discussão sobre a inclusão no mercado de trabalho. A abordagem foi feita com a participação da equipe do PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, pelas profissionais Juliana Duran e Nelcilene Couto, que explicaram aos alunos sobre o cadastro de vagas de emprego, currículo, seguro-desemprego e orientações sobre processos seletivos. Durante a aula, os alunos desenvolveram a confecção de currículos para futuro encaminhamento e cadastro no PAT.

“O curso de Língua Portuguesa é realizado para o acolhimento dos imigrantes que queiram aprender uma segunda língua. O objetivo é otimizar a escuta qualificada nos atendimentos realizados no município, como a inserção no mercado de trabalho, o entendimento e compreensão de orientações e legislação vigente nos serviços oferecidos nas diversas políticas públicas. O Comitê MigraRe executa um trabalho integrativo com as secretarias que o compõem, sob a coordenação da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos”, explica a coordenadora da Política de Atenção aos Migrantes, Imigrantes e Refugiados e do Comitê MigraRe, Marilza de Jesus Morais Silva.

Segundo ela, a parceria com a Unicamp é de extrema importância, tendo em vista que se trata de uma das quatro universidades brasileiras que tem uma licenciatura em Português como Segunda Língua/Língua Estrangeira (PL2/PLE).

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes, destaca a política pública de atendimento aos imigrantes, por meio do Programa MigraRe. “É uma ação que promove a inclusão e a comunicação com o imigrante, que muitas vezes depende de intérpretes para que possam receber as informações importantes. O curso está sendo realizado com a integração das ações do Comitê MigraRe, num trabalho conjunto entre as secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos, de Educação e Unicamp, viabilizando o atendimento dessa demanda”, reforça Juliani.

O secretário de Educação, Vinicius Ghizini, ressalta a importância da atividade junto aos imigrantes. “O curso oferece suporte e acolhimento aos imigrantes que escolheram Americana para viver e complementa o trabalho de alfabetização realizado nas escolas da rede, permitindo que toda a família seja integrada ao cotidiano da cidade”, diz Ghizini.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cidades

4 mar 2024

O prefeito de Americana, Chico Sardelli, assinou na manhã desta segunda-feira (4) a ordem de serviço para a revitalização da

Cidades, Política

4 mar 2024

Vereadoras e vereadores que desejam mudar de partido político poderão fazer a troca de legenda a partir da próxima quinta-feira

Cidades

4 mar 2024

A Prefeitura de Americana, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Sosu), avança com o trabalho de recapeamento

Cidades

4 mar 2024

Ao longo da semana, Americana e região devem experimentar uma semana chuvosa e nublada. Previsões apontam para uma variação considerável

Cidades

3 mar 2024

Morreu neste sábado (2), aos 58 anos, o 1º Sargento da Polícia Militar Claudinei Aparecido Ferraris, veterano do 19º Batalhão

Cidades

29 fev 2024

O governador Tarcísio de Freitas voltou à sede da B3 nesta quinta-feira (29) para bater o martelo no leilão internacional