Redação Jornal Americanense

Entidades se manifestam contra fechamento de agência da Receita Federal de Americana

Anunciado no segundo semestre de 2023, o episódio movimentou as entidades de classe da região

Representantes do FDCA (Fórum de Desenvolvimento e Cidadania de Americana) se reuniram, na última semana, na sede do Sincomercio (Sindicato dos Lojistas e do Comércio Varejista de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste), e ratificaram o posicionamento contra o fechamento da agência da Receita Federal em Americana. As entidades membros do grupo entendem que o fato irá prejudicar, principalmente, o atendimento às empresas da região.

Anunciado no segundo semestre de 2023, o episódio movimentou as entidades de classe da região. Em novembro do ano passado, foi protocolado ofício, assinado por todas as entidades participantes do FDCA, na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), apelando para que o atendimento da agência não seja encerrado. Também foi registrado ofício similar, em nome da Aescon (Associação das Empresas de Serviços Contábeis de Americana), na Superintendência da Receita Federal, reforçando a solicitação.

Segundo o presidente da Aescon e representante da entidade no FDCA, Adilson Rogerio do Amaral, ambos os ofícios foram respondidos pela superintendente da Receita Federal do Brasil 8ª Região, Maria Cecilia Meng, com o mesmo conteúdo. A responsável pelo órgão afirma, dentre outras coisas, que a instituição não dispõe de funcionários suficientes, e por optou pelo fechamento da agência.

Maria Cecilia alega, no entanto, que a Receita oferece sistemas online para suprir as necessidades dos contribuintes, o que é contestado pelas entidades representadas pelo FDCA. “O sistema é falho. Os canais de atendimento como chats e outros dispositivos são extremamente demorados. Além disso, a grande maioria dos serviços disponíveis é destinado somente a pessoas físicas, o que não atende à demanda das empresas”, explica Amaral.

Atendimento Virtual
Uma solução apresentada pela Receita Federal é a implementação de PAVs (Postos de Atendimento Virtual), cujo espaço e funcionários seriam custeados pelas prefeituras dos municípios, e a Receita habilitaria os profissionais para trabalhar com o sistema, por meio de treinamentos.

Segundo Amaral, ainda que venham a ser implantados, os PAVs não irão suprir a demanda. “Esses postos resolverão questões corriqueiras relacionadas, na sua maioria, a serviços a Pessoas Físicas”, explica. Assim, os empresários de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste terão de recorrer às agências de outros municípios, sendo as mais próximas em Piracicaba e Campinas.

Ainda sobre a instalação do PAV, Amaral contou que as prefeitura de Americana e Nova Odessa se comprometeram a instalar um posto na cidade. Santa Bárbara d’Oeste ainda não confirmou.

O presidente da Aescon lamentou a decisão do órgão federal. “A Receita Federal do Brasil transferiu para os municípios uma obrigação que é totalmente dela, e com isso quem os prejudicados foram os municípios e, principalmente, os contribuintes sejam eles pessoas Físicas ou Jurídicas”, concluiu Amaral.

O fórum
Criado em março 2008 com o objetivo de discutir questões relevantes em diversas áreas para estimular o desenvolvimento social e econômico do município, o FDCA é composto, atualmente, pelo Sincomercio, Aescon e mais oito entidades: AEAA (Associação dos Engenheiros, Agrônomos e Arquitetos de Americana); Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana); Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de SP – Diretoria Regional de Americana); IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil); NJE (Núcleo de Jovens Empreendedores – Americana); OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); Sincoam (Sindicato dos Contabilistas de Americana, Sumaré, Nova Odessa, Santa Bárbara d´Oeste e Hortolândia) e Sinditec (Sindicato das Indústrias de Tecelagem, de Americana, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré).

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cidades

22 abr 2024

Os mais de cinco mil candidatos inscritos no concurso público aberto pela Câmara Municipal de Americana para o preenchimento de

Cidades

22 abr 2024

A família de Danillo de Freitas, um programador de torno de 40 anos, está lançando uma campanha para doação de

Cidades

22 abr 2024

O CCL (Centro de Cultura e Lazer) recebeu um público rotativo de 18 mil pessoas ao longo deste final de

Cidades

21 abr 2024

A parceria para realização das atividades da Associação Anjos da Alegria no Hospital Municipal Dr. Waldemar, em Americana, foi reforçada

Cidades

21 abr 2024

A 2ª edição da Rota Cervejeira de Americana levou um público rotativo de cerca de oito mil pessoas ao CCL

Cidades

20 abr 2024

O prefeito de Americana, Chico Sardelli (PL), acompanhado do vice-prefeito Odir Demarchi, entregou neste sábado (20) a revitalização da Praça