Redação Jornal Americanense

Lançado o 2º Campeonato de Arrecadação de Tampinhas Plásticas, Lacres e Blisters

O 2º Campeonato de Arrecadação de Tampinhas Plásticas, Lacres e Blisters foi lançado, nesta terça-feira (1), no Ciep Cidade Jardim com o slogan “Eu junto, você também. Todos fazendo o bem”. O concurso é promovido pela Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, em parceria com as Secretarias de Meio Ambiente, de Educação e de Obras e Serviços Urbanos, Diretoria de Ensino, CDP – Centro de Detenção Provisória, Rotary Club Ação, Obra Salesiana, Sicredi, entre outros apoiadores.

“É gratificante anunciarmos a segunda edição do Campeonato junto às escolas municipais, estaduais e particulares, uma ação educativa e em prol do meio ambiente, uma ação social também que beneficia os projetos da Apae para o atendimento das pessoas com deficiência. As escolas têm se engajado e, com criatividade, estão se mobilizando cada vez mais para participar do projeto, estendendo às famílias dos alunos e à comunidade. A Apae é uma parceria de toda hora e também está de olho na sustentabilidade. É muito importante o trabalho de educação ambiental da Secretaria do Meio Ambiente e de todos os envolvidos. O Fabio, secretário de Meio Ambiente, tem representado muito bem a união existente entre as secretarias de Americana. O prefeito Chico e o vice Odir sempre dizem que a cidade é uma só, então temos que nos ajudar. Essa parceria é muito importante”, disse o secretário de Educação, Vinicius Ghizini.

O Campeonato será realizado de agosto de 2023 a maio de 2024 e a segunda edição terá novidades, segundo o secretário de Meio Ambiente, Fabio Renato de Oliveira. “As escolas, que mais arrecadarem tampinhas ganharão troféus nesta edição, não haverá mais troféu itinerante. A ação atingiu um patamar de excelentes resultados em termos de educação ambiental, conscientização e engajamento de todos os parceiros, escolas, alunos e comunidade”, disse.

O presidente da Apae, Roberto Dellapiazza, destacou a ação em prol da inclusão e anunciou melhorias no atendimento às pessoas com deficiência. “O Campeonato uniu as escolas, secretarias municipais e a população para as causas da inclusão social, educação e meio ambiente. É um trabalho que está dando muito certo. Hoje temos 1.500 atendidos pela Apae e 500 para entrar. Então estamos procurando descentralizar o atendimento e manter uma equipe itinerante nas escolas para desenvolver o trabalho. Também será doada uma sala sensorial para a escola com mais pessoas com deficiência”, disse Roberto.

Os novos mascotes de educação ambiental, o “Capitão do Lacre” e “Tampalinda” vão participar do campeonato, ao lado do personagem “Lixildo”, que promove a coleta seletiva de materiais recicláveis. “Eles vão atuar nas ações de sensibilização e conscientização nas escolas, promovendo a educação ambiental e a interação com os alunos”, explicou a diretora de Educação Ambiental, Kátia Birke.

Eleni Braga, representando a Diretoria de Ensino, falou sobre o trabalho e as parcerias. “Parceria é muito importante para a realização e o sucesso do trabalho. As ações ajudam a refletirmos sobre o meio ambiente e fazem os participantes entender cada vez mais que as nossas atitudes afetam o meio em que vivemos”, disse.

Na primeira edição do Campeonato, no ano passado, foram arrecadados 4.270 quilos de tampinhas e lacres.
As adesões ao Campeonato podem ser realizadas de forma gratuita através do formulário: https://forms.gle/LpwAGWWG9Hd6qAgB6

Premiação

Ao final de cada mês, será apurado um campeão de arrecadação da modalidade Educação Infantil e Ensino Fundamental/médio e outras modalidades das redes municipal, estadual e particular de ensino. Os primeiros colocados receberão certificado de campeão do mês, sendo que o campeão do mês entre todas as modalidades receberá um troféu da Secretaria de Meio Ambiente.
A premiação ocorrerá em duas etapas. Na 1ª etapa, haverá evento oficial na primeira semana do mês de dezembro de 2023, onde serão premiados os participantes que alcançarem o 1° lugar em arrecadação de tampinhas das redes municipal, estadual, particular de ensino, e demais instituições e entidades.
Os campeões serão homenageados publicamente com um troféu, certificado e, mediante disponibilidade, poderão receber prêmios doados pelos parceiros do projeto.

A 2ª etapa encerrará o Campeonato, sendo que os campeões serão anunciados no dia 2 de junho de 2024, durante a Feama – Feira Municipal de Meio Ambiente. Os 1º colocados serão premiados com o certificado “Instituição Amiga do Meio Ambiente” ou “Escola Amiga do Meio Ambiente”, recebendo troféu, prêmios de participação sob disponibilidade, doados pelos parceiros do projeto.

Serão também premiadas unidades de ensino filantrópicas, associações e outros órgãos colegiados que mais arrecadarem tampinhas com o certificado “Entidade Amiga do Meio Ambiente”. Desta categoria serão premiados os 1° colocados. Todos os participantes receberão certificados de honra e mérito.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cidades

23 fev 2024

O Gaema (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente) do Ministério Público do Estado de São Paulo ajuizou

Cidades

23 fev 2024

O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Americana e o Desenvolve Santa Bárbara oferecem 753 vagas de emprego à

Cidades

23 fev 2024

Americana participa neste sábado (24) do “Dia D” de mobilização contra a dengue. Os agentes estarão no bairro Antônio Zanaga,

Cidades

23 fev 2024

Um acidente envolvendo dois caminhões e um automóvel deixou uma vítima fatal na Bandeirantes, em Santa Bárbara d’Oeste, nesta sexta-feira

Cidades

22 fev 2024

Mais um birdwatching (observação de aves em inglês) será realizado em Santa Bárbara d’Oeste. Desta vez acontecerá no Parque dos

Cidades

22 fev 2024

A Secretaria de Educação de Sumaré conquistou o prêmio de destaque pelo desempenho na Avaliação de Fluência Leitora em 2023.