Redação Jornal Americanense

Prefeito Chico Sardelli eleva o piso salarial dos professores da educação básica

O prefeito de Americana, Chico Sardelli, assinou nesta terça-feira (18) o Decreto Nº 13.243, que eleva a R$ 4.420,55 a remuneração de professores da rede municipal de Educação, igualando o valor ao estabelecido pelo piso nacional em janeiro deste ano. A medida representa um reajuste de 15% em relação ao piso do ano passado, de R$ 3.845,63.

O decreto será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (19). O reajuste será concedido de forma retroativa a janeiro deste ano a 370 servidores, sendo 165 professores de creche, 94 professor de creche substituto e 111 auxiliares de desenvolvimento infantil. A remuneração é referente à jornada semanal de 40 horas e as jornadas inferiores terão reajuste proporcional ao piso estabelecido. 

A assinatura do decreto ocorreu no Gabinete do Prefeito, no Paço Municipal, com a presença do vice-prefeito Odir Demarchi, dos secretários Vinicius Ghizini (Educação) e Leon Botão (Comunicação e Tecnologia da Informação); dos secretários adjuntos Evelene Ponce Medina (Educação) e Belmiro José dos Santos (Gabinete); de representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Americana, Toninho Forti (presidente), Patrícia Cavicchioli (vice-presidente), Aires Ribeiro (Secretário de Finanças) e Iralice Pereira (Conselho Fiscal), e de servidores da secretaria de Educação.

O prefeito destacou a atenção dada à Educação em Americana. “Quando disse que educação é prioridade nossa, é pra valer. Quero agradecer o Vinicius e toda sua equipe que tem tido o profissionalismo necessário para bem conduzir nossas crianças, jovens e adolescentes. Vocês são os responsáveis pelo desenvolvimento delas e a Prefeitura tem que ser facilitadora neste processo, que perpassa pela valorização do funcionalismo. Minha palavra é de gratidão de poder reconhecer o trabalho desenvolvido pelos educadores”, disse Chico.

O vice-prefeito Odir destacou que essa medida é um reconhecimento pelo bom trabalho desenvolvido pelos profissionais. “Sabemos a importância do trabalho feito por todos os servidores da educação, que estão em contato direto diariamente com as nossas crianças e merecem esse reajuste”, falou.

O secretário de Educação, Vinicius Ghizini, relembrou o histórico de diálogo com o sindicato até o anúncio do reajuste. “O sindicato tem um diálogo muito franco conosco, desde o início do ano, quando saiu a Lei Federal, fomos procurados e dissemos ‘Vamos trabalhar para cumprir’. Estamos aqui para falar de algo propositivo e de mais um avanço na gestão de Americana. Com a assinatura do prefeito, a Administração vai decretar o pagamento do piso nacional aos nossos professores, e nós pagamos o valor no salário base, ou seja, todo professor vai ganhar mais que isso na prática, em função dos direitos trabalhistas da categoria. Com esta medida, Americana mais uma vez sai na frente e atendemos uma reivindicação legítima de valorização salarial”, destacou.

O presidente do SSPMA, Toninho Forti, também reconheceu o feito. “Apenas agradecer de novo o atendimento da reivindicação mais que justa e esperar que o prefeito continue valorizando o servidor”, disse.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cidades, Esportes

26 fev 2024

O 2º Torneio de Verão Esportes de Areia, promovido pela Prefeitura de Americana por meio da Secretaria de Esportes, levou

Cidades

25 fev 2024

O prefeito de Americana, Chico Sardelli (PV), está entre os políticos da Região que compareceram ao ato convocado pelo ex-presidente

Cidades

25 fev 2024

A marca de chocolates Cacau Show anunciou nesta semana a compra de todas as marcas e ativos do Grupo Playcenter,

Cidades

24 fev 2024

O Governo de São Paulo e o Google firmaram parceria para a instalação de um novo centro de engenharia da

Cidades

24 fev 2024

O presidente do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), desembargador Silmar Fernandes, e o vice-presidente e corregedor regional eleitoral,

Cidades

24 fev 2024

Na próxima segunda-feira (26), das 8h às 16h, o grupo A Executiva realizará um mutirão de empregos com objetivo de