Pesquisar
Close this search box.

Redação Jornal Americanense

MAC de Americana abre exposição gratuita de obras doadas pelo Itaú Cultural

A exposição “Acervo do MAC – Novas Obras doadas pelo Itaú Cultural” pode ser visitada até 31 de janeiro, no MAC (Museu de Arte Contemporânea) de Americana. A entrada é gratuita, de segunda a sexta, das 9h às 17h. O MAC Americana fica no CCL (Centro de Cultura e Lazer), na Avenida Brasil, nº 1.293.

A exposição é composta por gravuras dos artistas plásticos Christina Parisi, Cláudio Tozzi, Gilberto Salvador, Renina Katz e Silvio Oppenhein. A seleção faz parte de um total de 57 obras doadas pelo Itaú Cultural.

“A exposição está aberta até o fim do mês com obras de gravuras do acervo do Itaú Cultural. São trabalhos muito interessantes que podem ser vistos de graça no Museu de Arte Contemporânea de Americana”, diz a secretária de Cultura e Turismo, Marcia Gonzaga Faria.

O Itaú Cultural é uma organização voltada para a pesquisa e a produção de conteúdo e para o mapeamento, o incentivo e a difusão de manifestações artístico-intelectuais.

O acervo do MAC Americana é atualmente composto por 412 obras, que incluem ainda objetos, vídeo-arte e elementos de instalações de autores de todo o país.

Sobre os artistas

Claudio Tozzi é mestre em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP). Participou da Bienal de São Paulo e da Bienal de Veneza e criou painéis para espaços públicos.

Renina Katz cursou a Escola Nacional de Belas Artes (ENBA), no Rio de Janeiro e licenciou-se em desenho pela Faculdade de Filosofia da Universidade do Brasil. Há 28 anos é docente da FAU/USP, na qual apresenta teses de mestrado e doutorado.

Silvio Oppenheim cursou a FAU/USP e desenvolve novas técnicas de desenho e pintura. Dedica-se ao aprendizado de xilogravura e os cursos de desenho e gravura em metal da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), ministrados por artistas plásticos reconhecidos.

Gilberto Salvador formou-se em arquitetura em 1969 pela FAU/USP, onde mais tarde atuou como professor.

Christina Parisi cursou especialização em desenho e história da arte na FAAP. Em 1980, ganhou o Prêmio Revelação do Ano da Associação Paulista de Críticos de Arte.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Cultura

23 maio 2024

Com intuito de dar detalhes sobre o edital de Credenciamento de Trabalhadores da Cultura como instrutores do Programa de Formação

Cultura

21 maio 2024

Hits que marcaram época vão tomar conta do palco do Teatro Municipal Lulu Benencase, neste sábado (25), com o show

Cultura

21 maio 2024

Verso Vivo” de Santa Bárbara d’Oeste. O público pode vivenciar as apresentações entre os dias 14 e 16 deste mês

Cultura

21 maio 2024

O Teatro Municipal Lulu Benencase apresenta nesta sexta-feira (24), às 21h, a comédia “O Vison Voador”, que traz no elenco

Cultura

21 maio 2024

O Festival Raízes de Santa Bárbara trará uma das maiores duplas do sertanejo brasileiro, Edson & Hudson, neste domingo (26),

Cultura

20 maio 2024

O Cine Biblioteca desta quarta-feira (22) será especial, na semana do Festival “Itália na Brasil”, em comemoração aos 150 anos