Últimas Notícias

Ex-zagueiro do Corinthians morre de mal súbito e horas depois sua esposa também falece

- Advertisement -

Revelado pelo União Barbarense, Ademir Gonçalves ficou popular na história do Corinthians por ter conquistado o Campeonato Paulista de 1977, título que quebrou um jejum de 23 anos do clube

O ex-zagueiro do Corinthians Ademir Gonçalves, de 75 anos, morreu na noite desta sexta-feira (22) em Santa Bárbara d’Oeste. De acordo com os familiares de Ademir, ele teve um mal súbito. Horas depois sua esposa, Elisabete Aparecida Bagnoli Gonçalves, de 66 anos, passou mal ao ver o corpo do marido chegar ao velório, foi socorrida, mas não resistiu.

Revelado pelo União Barbarense, Ademir ficou popular na história do Corinthians por ter conquistado o Campeonato Paulista de 1977, título que quebrou um jejum de 23 anos do clube. Ele também teve passagens pelo XV de Piracicaba, Guarani, Pinheiros (atual Paraná Clube) e São José-SP.

- Advertisement -

Durante o velório do ex-jogador, sua esposa passou mal com a chegada do corpo do marido e foi socorrida, mas não resistiu.

Elisabete Aparecida Bagnoli Gonçalves morreu de parada cardíaca aos 66 anos. Ela era cunhada do ex-prefeito José Maria de Araújo Junior, tendo trabalhado no gabinete dele durante suas gestões no executivo municipal.

A prefeitura de Santa Bárbara manifestou nota de pesar pelo falecimento de Ademir e Elisabete:

“Ele faleceu na noite de sexta-feira (22), aos 75 anos, enquanto sua esposa faleceu na manhã deste sábado (23). Deixam os filhos Gustavo Bagnoli Gonçalves, ex-vereador, e Bruno Bagnoli Gonçalves.

Na vida pública, Ademir Gonçalves foi secretário municipal de Esportes nas gestões do ex-prefeito José Maria de Araújo Junior. Como atleta, jogou no Sport Club Corinthians Paulista, onde foi campeão paulista em 1977. Atuou também no União Agrícola Barbarense, XV de Piracicaba e Guarani de Campinas”, publicou em nota.

- Advertisement -

Latest Posts

Mais Lidas