Redação Jornal Americanense

Gama recebe R$ 1 milhão do Governo Federal para segurança nas escolas, anuncia Chico

O prefeito de Americana, Chico Sardelli, anunciou nesta segunda-feira (24) que a Guarda Municipal de Americana (Gama) foi contemplada com uma verba de R$ 1 milhão pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública para adquirir veículos e realizar ações cujo objetivo final é o enfrentamento da violência nas escolas, o desenvolvimento integral da comunidade, trabalhar o conceito de busca ativa e buscar a resolução pacífica de conflitos e comunicação não violenta.

A proposta aprovada pelo governo federal engloba a aquisição de quatro veículos para intensificar o patrulhamento ao redor das escolas do município: três viaturas modelo SUV e uma pick-up de cabine dupla. Além disso, consta no projeto a realização de 56 horas de capacitação, com oficinas de prevenção à violência, ação que estará fundamentada em um diagnóstico do problema da segurança nas escolas locais. O valor total do projeto é de R$ 1.027.044,93, sendo R$ 1 milhão da União e o restante, contrapartida da Prefeitura.

Todo o trâmite para o envio da documentação necessária e aprovação do projeto foi realizado pela Secretaria Municipal de Gestão de Convênios.

O prefeito ressaltou a importância deste investimento. “Nossa gestão teve uma atuação imediata com relação à segurança nas escolas, mas segue com as ações neste sentido. O investimento conquistado é muito importante, pois permite ampliar ainda mais o trabalho que nossa Gama tem realizado com tanto carinho e profissionalismo”, comentou.

“Nosso intuito é desenvolver conhecimentos dentro da proposta de Policiamento Comunitário e Policiamento Orientado para o Problema, de forma que o agente possa encontrar soluções criativas e diferenciadas que promovam a articulação entre todos os envolvidos na problemática (forças de segurança, comunidade escolar e sociedade), por meio de oficinas de proximidade com a população que possibilitem a criação de espaços de diálogo”, salientou o comandante da Guarda Municipal de Americana, Marco Aurelio da Silva.

Com isso, pretende-se realizar intervenções viáveis e eficazes para tornar o ambiente escolar mais seguro e adequado ao aprendizado e à socialização de crianças e adolescentes. Os treinamentos visam capacitar os agentes de segurança para que promovam a aproximação junto à comunidade por meio de prática esportiva, oficinas pedagógicas e lúdicas em parceria com outras secretarias do nosso município e sociedade civil, aumentando a confiança nas instituições de segurança e seus agentes.

O vice-prefeito Odir Demarchi comemorou a conquista. “É uma grande alegria anunciar mais esse investimento, principalmente na área da segurança das nossas crianças. Seguimos trabalhando para garantir mais qualidade de vida para a população”, afirmou.

“A possibilidade de ampliar o investimento no Núcleo de Segurança Escolar é motivo de muita satisfação para a Educação de Americana. Com este aporte, a iniciativa proposta rapidamente pelo prefeito Chico Sardelli para assegurar o direito das crianças à educação, entra agora em uma nova fase”, declarou o secretário de Educação, Vinicius Ghizini.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Polícia

22 fev 2024

Daniel Alves, ex-jogador da Seleção Brasileira, foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por estupro. A sentença

Polícia

21 fev 2024

A vendedora Thamiris Nathalia Rulim, de 32 anos, é a primeira vítima de feminicídio em Piracicaba. Ela foi morta pelo

Polícia

17 fev 2024

Nesta sexta (16) Americana foi palco de um trágico acidente que resultou na morte de Antônio Ivan Moura Caetano, motoboy

Polícia

17 fev 2024

Uma notícia trágica abalou a comunidade de Santa Bárbara d’Oeste neste sábado (17). Lucas Ribeiro Santana, um jovem de 22

Polícia

17 fev 2024

Um grupo de vítimas de uma imobiliária se reuniu, na tarde desta sexta-feira (16), na sede do MP-SP (Ministério Público

Polícia

16 fev 2024

Na tarde desta quinta-feira (15) a Guarda Civil Municipal (GCM) de Limeira realizou uma apreensão que chamou atenção pela singularidade