Últimas Notícias

Homem é queimado vivo por multidão de 200 pessoas após boatos no WhatsApp

- Advertisement -

Rumores teriam espalhado que Daniel Picazo, que estava visitando a casa do seu avô em Papatlazolco, seria um sequestrador de crianças

Um homem de 31 anos foi linchado e queimado vivo por uma multidão de 200 pessoas na noite desta sexta-feira (10) na comunidade Papatlazolco, no México, após boatos de WhatsApp. Rumores teriam espalhado que Daniel Picazo, que estava visitando a casa do seu avô na cidade, seria um sequestrador de crianças.

Apesar da polícia e da equipe paramédica ter chegado ao local para acudi-lo, uma turba impediu a sua passagem e, quando finalmente se aproximaram de Picazo, já era tarde demais e o turista estava sem vida.

- Advertisement -

De acordo com autoridades, um áudio circulava pelo aplicativo alertando pais e responsáveis que desconhecidos circulavam pelo local para raptar crianças. Essa é a segunda vez que um homem é linchado no México após boatos no WhatsApp envolvendo sequestros de crianças. Em 2019, sete homens foram queimados vivos por uma turba.

Picazo trabalhou como assessor da Câmara dos Deputados mexicana até março de 2022.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas