Pesquisar
Close this search box.

Redação Jornal Americanense

Franco abre o jogo ao JA e fala sobre sua trajetória política e inspiração familiar

Franco Sardelli é Chefe de Gabinete da Prefeitura de Americana na gestão Chico Sardelli (PV), presidente do PL (Partido Liberal) no município e graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Em entrevista ao JA, Franco revela detalhes de sua trajetória na política.

Quando você nasceu, seu pai estava começando a vida política. Como foi crescer nesse ambiente?

Sendo bem sincero, esse ambiente foi complicado, especialmente por envolver a família. A política muitas vezes não separa a pessoa do gestor, o que afetava minha vida pessoal. Sofri muito, vendo inverdades expostas e ficando de mãos atadas, devido ao parentesco político. Ao mesmo tempo, havia momentos divertidos. Acompanhava meu pai em comícios e showmícios da época.

Como foi ter um pai político?

A exposição sempre foi muito grande. Era legal ver que meu pai sempre foi exemplo pra muitas pessoas e isso sempre me deixou orgulhoso. Ao mesmo tempo, muitas vezes tive que viver distante dele, pois os compromissos do trabalho tomavam muito tempo da sua rotina. Ele sempre tentava estar presente, mas nem sempre era possível

Quando adolescente, política era algo que você acompanhava ou tentava se

distanciar?

Eu ficava atento sempre às notícias e conversava muito com meu pai sobre cenários, em âmbito municipal, estadual ou federal. Porém também tinha minha vida e meus sonhos, profissionais e pessoais. Fiz faculdade de Direito, me formei, prestei a OAB, passei e hoje também sou advogado. Estou ligado diretamente à política há 2 anos.

Quando decidiu cursar Direito, você imaginava que acabaria se enveredando para a política?

Não. Quando fiz Direito gostava muito de duas áreas. Direito constitucional e direito penal. Acabei indo para a área penal nos anos de especialização da faculdade, que são os últimos.

Por que a sua escolha pelo Partido Liberal?

Vai de acordo com meus princípios e visão de mundo. Acredito em um Estado mínimo, um mercado livre, forte e independente e na liberdade individual de cada um. Acredito que quem move esse país é a classe trabalhadora e empresarial. Quanto menos burocracia e mais estímulos para trabalhar, gerar emprego e renda, mais o nosso país vai prosperar. Emprego e renda movem a economia. Economia livre e forte gera qualidade de vida para as pessoas. O Estado tem que ser um ente facilitador e não complicador.

Como foi sua reação quando o Chico te convidou para participar da campanha para a Prefeitura ao lado dele?

Foi assustador em um primeiro momento, pois a responsabilidade era enorme, mas ao longo do tempo foi se tornando gratificante. Atrás de uma coordenadoria de campanha, contava com profissionais muito sérios e competentes, sempre aptos a ajudar e me ensinar. Fomos uma equipe muito unida (isso é um perfil do prefeito) e foi assim que fizemos durante a eleição. Todos que estão em volta dele sabem do objetivo e sabem como devem fazer para alcançá-lo. Chico é uma liderança extremamente competente e fácil de se lidar.

Ser Chefe de Gabinete é a sua primeira experiência em um cargo público. Qual a grande diferença em termos de gestão para o setor privado?

As diferenças são muito gritantes e isso me fez tropeçar um pouco no começo. As burocracias são outras, assim como as responsabilidades. No privado um erro reflete diretamente em você e no seu negócio. No público, um erro pode refletir em uma população enorme. E ao longo do tempo consegui entender que toda essa burocracia muitas vezes é necessária para tornar o processo mais transparente.

“No privado um erro reflete diretamente em você e no seu negócio. No público, um erro pode refletir em uma população enorme”

A gestão Chico Sardelli está caminhando para o último ano. Como você avalia o trabalho até aqui?

Avalio muito bem. Chico vem conseguindo, mesmo diante de todas as dificuldades (dois anos de uma pandemia avassaladora e uma dívida altíssima para lidar) fazer a cidade sorrir novamente. Americana vem tratando o cidadão com respeito e como prioridade. Os eventos voltam a tomar conta da cidade, a zeladoria está melhorando e o recape vem tomando conta. Trouxemos o Hospital do Câncer para a cidade. Isso é humanidade, respeito com o próximo. Reabrimos seis postos de saúde. Isso só foi possível diante de um planejamento. O não sempre é mais fácil. A questão é viabilizar e planejar um sim. Fazer acontecer, trabalhar para melhorar. Sempre com o sorriso no rosto e pensando nas pessoas.

Como você avalia a possibilidade de reeleição?

Avalio como natural em um processo onde sentimos na rua a expectativa e o sentimento da população. O trabalho está sendo feito e isso é uma afirmação. Nem sempre será possível agradar a todos. Temos que ter responsabilidade em saber o que é primordial e qual o momento para cada dificuldade. Mas o sentimento é ótimo e a cidade só cresce. Voltou a aparecer no cenário regional e estadual, em vários rankings de qualidade de vida, segurança, infraestrutura urbana, etc. Hoje somos a rota de novas empresas e criação de novos empregos. Isso é motivo de orgulho.

Como você imagina que será a eleição municipal em 2024?

Acredito em uma eleição disputada como todas. Espero que seja uma eleição limpa e respeitosa, diferentemente da última eleição municipal, que foi em 2020. Vimos um desrespeito muito grande por conta de alguns adversários. Mas acredito que perceberam que usaram a estratégia errada e até hoje devem se arrepender.

Após ter passado pela experiência de assumir um cargo público, podemos pensar no nome de Franco Sardelli para a Alesp ou mesmo para o Congresso Nacional em 2026?

Muito cedo neste momento levantar essa possibilidade. Hoje eu penso em como ajudar o prefeito Chico Sardelli a governar Americana e fazer a cidade continuar crescendo e se desenvolvendo. Os futuros projetos têm que vir de maneira natural.

Americana está completando 148 anos. Como é morar nessa cidade para você?

É a cidade onde cresci e fui criado, estudei durante toda minha infância e adolescência, formei minhas amizades. Uma cidade linda, com diversos pontos turísticos e uma infraestrutura completa. Só tenho a agradecer por viver aqui. É uma cidade modelo para o Estado de São Paulo.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Política

22 maio 2024

Na reunião ordinária da Câmara de Americana desta terça-feira (21), um incidente inusitado chamou a atenção dos presentes e provocou

Política

19 maio 2024

O deputado estadual Bruno Zambelli (PL) esteve neste domingo (19) em Hortolândia para o lançamento da pré-campanha do candidato à

Política

15 maio 2024

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), enfrenta uma onda de críticas nas redes sociais após suas

Política

9 maio 2024

O Secretário Nacional de Mobilidade Urbana e ex-prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, revelou uma notícia de grande impacto

Política

8 maio 2024

Faleceu nesta terça (7) Antônio Mentor, aos 74 anos. Ao longo de sua trajetória, ocupou diversos cargos públicos, destacando-se por

Política

23 abr 2024

Em sessão extraordinária ocorrida na noite desta segunda-feira (22), na Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste, as contas do exercício