Redação Jornal Americanense

Unacon será 100% custeada pelo Governo Federal após solicitação do município

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou, nesta segunda-feira (21), que a equipe técnica do Ministério da Saúde aprovou a solicitação do município para habilitação do Centro de Oncologia de Americana como Unacon. Isso significa que todos os requisitos foram cumpridos e que a unidade do município está apta para ter a habilitação, o que deve ocorrer nos próximos meses.

O prefeito Chico Sardelli ressaltou a importância dessa conquista. “Agora falta muito pouco para que a Unacon seja habilitada e comece a receber os recursos federais para custeio. Quero parabenizar toda a equipe da Secretaria Municipal de Saúde que, desde a abertura da unidade no ano passado, vem trabalhando incansavelmente por esta aprovação”, afirmou. “É a maior obra social e de saúde da nossa cidade, tratamento contra o câncer perto de casa, sem dúvida, uma das maiores conquistas da nossa gestão”, completou.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, após a habilitação, o município passará a receber R$5.547.447,00 por ano para custeio da Unacon. “Atualmente, temos um valor de custeio de aproximadamente R$500 mil por mês, que é mantido pelo município juntamente com o Governo do Estado. Com a Unacon habilitada, ela será 100% custeada com recurso do Governo Federal, permitindo ao município outros investimentos”, explicou.

O secretário informou ainda que, ao ser habilitada, a Unacon se torna um serviço permanente. “Ou seja, daqui dez, vinte anos, Americana continuará habilitada como Unacon”, afirmou. Danilo esclareceu que, após a habilitação, será possível ampliar em 20% os atendimentos, passando para 650 cirurgias e 5.300 procedimentos de quimioterapia por ano.

“Uma grande notícia para nossa cidade, um verdadeiro presente neste mês de aniversário. Nosso trabalho continua para que Americana tenha cada vez mais melhorias na área da Saúde”, destacou o vice-prefeito Odir Demarchi.

Além do valor para custeio, a Unacon passa a receber, após a habilitação, todos os medicamentos de alto custo do Ministério da Saúde.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Saúde

1 mar 2024

A Secretaria de Saúde de Sumaré realizou no último sábado, dia 24, o Dia D de Combate à Dengue. O

Saúde

1 mar 2024

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste investiu mais de R$ 236 milhões em Saúde em 2023. Somente com recursos próprios,

Saúde

23 fev 2024

O vereador Leco Soares (Podemos) reuniu-se na quarta-feira (21) em Brasília com a deputada federal Renata Abreu (Podemos), para tratar

Saúde

21 fev 2024

Um homem de 44 anos foi diagnosticado com chikungunya em Santa Bárbara, tornando-se o primeiro caso confirmado da doença na

Saúde

20 fev 2024

A Prefeitura de Sumaré entrega nesta sexta-feira (23) às 10 horas, as novas sedes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel

Saúde

15 fev 2024

Alex, um morador de 38 anos de Americana, está liderando uma campanha para recuperar sua capacidade de andar após um