Últimas Notícias

Assinado convênio para viabilizar Trem Intercidades na região de Campinas

- Advertisement -

Com estimativa de investimentos de R$ 10,2 bilhões, o Trem Intercidades terá 100 km de extensão, com serviço expresso entre Campinas, Jundiaí e São Paulo

O governador Rodrigo Garcia assinou nesta segunda (18), com a presença do deputado Vanderlei Macris, em Campinas, os convênios entre o Governo de São Paulo e os municípios de Franco da Rocha, Louveira, Francisco Morato, Várzea Paulista, Vinhedo e Campinas para viabilizar a primeira etapa do Trem Intercidades. Os convênios darão garantias e condições jurídicas, financeiras e técnicas para a implantação do Eixo Norte do projeto. O prazo é de cinco anos, com prorrogação se necessário.

“O Trem Intercidades é um projeto desafiador porque aproveita a linha 7 da CPTM até Jundiaí e reativa a malha ferroviária para chegar até Campinas. Vamos ter muitos investimentos em obras de correção de curvas e novos trens. O esforço do Governo de São Paulo é tirar o Trem Intercidades do papel, um projeto que soma mais de R$ 10 bilhões e temos disposição e capacidade para fazer o investimento”, afirmou Rodrigo.

- Advertisement -

Macris é um dos defensores do Trem na região, sendo um dos articuladores em Brasília pela renovação da malha paulista, e comemorou mais esta etapa. “A nossa população anseia pela volta do trem de passageiros, mais econômico, seguro e sustentável, benefícios que trará o Trem Intercidades”, disse.

Com estimativa de investimentos de R$ 10,2 bilhões, o Trem Intercidades terá 100 km de extensão, com serviço expresso entre Campinas, Jundiaí e São Paulo e um sistema com paradas entre Campinas e Francisco Morato, atendendo às cidades de Louveira, Valinhos e Vinhedo.

Ambos devem atender até 60 mil passageiros por dia. O projeto compreende também a operação, manutenção e obras, com melhoria do desempenho e da qualidade do serviço da linha 7-Rubi da CPTM. O Governo de São Paulo aguarda a formalização de convênio com o Ministério da Infraestrutura para uso da malha férrea e a renovação da atual concessão pelo Tribunal de Contas da União até maio, permitindo a publicação do edital de licitação do projeto.

O anúncio foi feito durante a quinta edição do programa Governo Na Área, que visa intensificar relações institucionais entre autoridades do Governo do Estado, prefeituras e câmaras municipais, além de ampliar a transparência das ações governamentais à população.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas