Pesquisar
Close this search box.

Redação Jornal Americanense

Suspeitos de planejar matar Moro e outras autoridades estavam em Americana e região

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (22) a Operação Sequaz, com o objetivo de “desarticular uma organização criminosa que pretendia realizar ataques contra servidores públicos e autoridades”. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia e em outras cidades do interior paulista, além da própria capital.

Segundo os investigadores, entre as ações planejadas pelo grupo estavam crimes como homicídio e extorsão mediante sequestro em ao menos cinco unidades federativas: Rondônia, Paraná, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

“Os ataques poderiam ocorrer de forma simultânea, e os principais investigados se encontravam nos estados de São Paulo e do Paraná”, informou, em nota, a PF.

A operação foi comentada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Flávio Dino, nas redes sociais.

A ação contou com a participação de 120 policiais federais para o cumprimento de 24 mandados de busca e apreensão, sete mandados de prisão preventiva e quatro mandados de prisão temporária em Mato Grosso do Sul, Rondônia, São Paulo e no Paraná.

A Operação Sequaz também foi elogiada pelo senador Sérgio Moro no Twitter. Segundo ele, o grupo criminoso em questão seria o PCC, que teve algumas das lideranças transferidas para presídios federais durante sua gestão à frente do Ministério da Justiça.

“Sobre os planos de retaliação do PCC contra minha pessoa, minha família e outros agentes públicos, farei um pronunciamento à tarde na tribuna do senado. Por ora, agradeço a PF, PM/PR, Polícias legislativas do Senado e da Câmara, PM/SP, MPE/SP, e aos seus dirigentes pelo apoio e trabalho realizado”, afirmou Moro no Twitter.

Em colaboração com a Agência Brasil

COmpartilhe

Facebook
X
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Polícia, Política

12 jul 2024

A Polícia Civil de São Paulo solicitou um prazo de 90 dias para concluir a investigação sobre o candidato à

Polícia

11 jul 2024

Um desempregado de 38 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (11) enquanto praticava um furto a um estabelecimento comercial

Polícia

11 jul 2024

Um pastor evangélico de 79 anos foi preso nesta terça-feira (9), sob suspeita de ter estuprado suas duas filhas gêmeas

Polícia

11 jul 2024

O Comando de Policiamento Rodoviário intensificou o policiamento nas rodovias paulistas no período de 5 (sexta-feira) a 9 de julho

Polícia

11 jul 2024

Na manhã desta segunda-feira (8) a equipe do 4º Batalhão de Polícia Rodoviária protagonizou um ato heroico ao salvar a

Polícia

8 jul 2024

Balanço parcial do tráfego registrado nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes pela Autoban – concessionária que administra o sistema – aponta