Últimas Notícias

Em 2018, Bolsonaro prometeu acabar com a reeleição começando por ele caso fosse eleito

- Advertisement -

Presidente discursou neste domingo em evento do PL ao lado de Valdemar Costa Neto e do ex-presidente Fernando Collor e disse que a luta é do ‘bem contra o mal’

“Pretendo fazer, vou começar com o parlamento também, uma excelente reforma política: acabar com o instituto da reeleição, no caso começa comigo se eu for eleito, e diminuir um pouco, em 15% ou 20% a quantidade de parlamentares”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro (PL) no dia 20 de outubro de 2018 em uma coletiva de imprensa realizada na Zona Sul do Rio de Janeiro, na casa do empresário Paulo Marinho.

Na manhã deste domingo (27) Bolsonaro participou de evento de filiação de novos membros de seu novo partido (PL) e foi chamado pelo presidente do partido, Valdemar Costa Neto, de “futuro presidente pelo segundo mandato”. O senador e ex-presidente Fernando Collor (Pros) também esteve presente no evento, ao lado de outras possíveis futuras alianças.

- Advertisement -

Anteriormente, o ato do PL havia sido divulgado em algumas redes como evento de pré-candidatura de Jair Bolsonaro, mas acabou mudando de tema para não incorrer em ilegalidades, já que a Lei das Eleições (9.504/1997) só permite propaganda eleitoral a partir do dia 16 de agosto.

Apesar de não ter falado em reeleição, Bolsonaro afirmou em seu discurso que o “o nosso inimigo não é externo, é interno. Não é luta de esquerda contra a direita. É luta do bem contra o mal”. O atual presidente ainda complementou: “O que nós queremos, juntamente com muitos que estão aqui, é deixar e entregar o comando deste país lá na frente, bem lá na frente”.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas