Redação Jornal Americanense

Americana inicia vacinação contra a gripe para novos grupos prioritários

A vacinação contra a gripe em Americana passou a contemplar novos grupos prioritários a partir desta segunda-feira (17). Além dos idosos com 60 anos ou mais e crianças na faixa etária de seis meses a menores de seis anos (cinco anos, 11 meses e 29 dias), a vacina agora será disponibilizada também às gestantes e puérperas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente e para quem tem comorbidades.  

A vacinação acontece em todas as unidades básicas de saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h. A vacina contra a gripe não exige nenhum intervalo em relação aos outros imunizantes do calendário anual, inclusive contra a Covid-19. Portanto, ela pode ser aplicada de forma concomitante às demais vacinas.

Os indivíduos contemplados em todos os grupos devem comparecer à unidade básica de saúde munidos de documento com foto. No caso das crianças, além do documento, os pais (ou responsável legal) devem apresentar, obrigatoriamente, a carteira de vacinação de rotina da criança.

Os trabalhadores da saúde devem apresentar comprovação de vínculo trabalhista, seja por meio de holerite ou carteira profissional.

As pessoas com deficiência permanente só precisam se autodeclarar deficiente, seja motor, auditivo, visual ou intelectual. Já em relação às comorbidades, os indivíduos devem apresentar alguma receita médica ou laudo, ou, na impossibilidade, basta declarar a enfermidade crônica.

A campanha teve início no dia 10 de abril e segue até o dia 31 de maio. Desde o início da campanha, o município vacinou 3.324, equivalente a 4,62% de cobertura. A Vigilância Epidemiológica trabalha com a perspectiva de vacinar em torno de 71.698 mil pessoas, considerando todos os grupos elegíveis.

No dia 24, a Vigilância passa a disponibilizar a vacina aos professores do ensino regular (público e privado), integrantes das forças de segurança, salvamento e forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, portuários, funcionários do sistema prisional, indígenas não aldeados e indivíduos privados de liberdade.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Saúde

1 mar 2024

A Secretaria de Saúde de Sumaré realizou no último sábado, dia 24, o Dia D de Combate à Dengue. O

Saúde

1 mar 2024

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste investiu mais de R$ 236 milhões em Saúde em 2023. Somente com recursos próprios,

Saúde

23 fev 2024

O vereador Leco Soares (Podemos) reuniu-se na quarta-feira (21) em Brasília com a deputada federal Renata Abreu (Podemos), para tratar

Saúde

21 fev 2024

Um homem de 44 anos foi diagnosticado com chikungunya em Santa Bárbara, tornando-se o primeiro caso confirmado da doença na

Saúde

20 fev 2024

A Prefeitura de Sumaré entrega nesta sexta-feira (23) às 10 horas, as novas sedes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel

Saúde

15 fev 2024

Alex, um morador de 38 anos de Americana, está liderando uma campanha para recuperar sua capacidade de andar após um