Últimas Notícias

Lula é perseguido e hostilizado por apoiadores de Bolsonaro em Campinas

- Advertisement -

O ex-presidente cumpria agenda de compromissos na Região Metropolitana de Campinas

Nesta quinta-feira (05), o pré-candidato à Presidência da República, Luis Inácio Lula da Silva (PT) passou por momentos tensos ao sair de um condomínio em Campinas (SP). Apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) cercaram o carro do ex-presidente e o hostilizaram.

Cumprindo agenda na Região Metropolitana de Campinas, Lula compareceu a Sumaré para conversar com populares e lideranças locais na Vila Soma. Em seguida, seguiu para almoçar em um condomínio em Campinas. Na saída, era aguardado por apoiadores de Bolsonaro que o haviam perseguido até ali. Reunidos com faixas e vestindo camisetas da seleção brasileira, os populares gritavam “Lula Lixo” e “Fora PT”.

- Advertisement -

O vídeo, que você confere abaixo, foi compartilhado nas redes sociais.

Uma das seguidoras bolsonaristas compartilhou o vídeo e escreveu: “Calorosa recepção para o Carniça […] O objetivo dele era a Unicamp“.

Ao contrário do que indica a manifestação, o esquema de segurança do ex-presidente conseguiu passar pelo cerco e seguiu viagem para a universidade, onde discursou.

A assessoria de Lula foi questionada se existem planos de aumentar a proteção durante ano eleitoral e informaram que, por medidas protetivas, não comenta questões de segurança. A assessoria afirmou ainda que planos já foram traçados e garante que a segurança já está adequada.

Unicamp

Após o ocorrido, Lula e equipe seguiram cumprindo agenda de compromissos. Na Unicamp, o petista discursou para milhares de pessoas entre estudantes de graduação e pós-graduação da universidade.

Ao lado do pré-candidato estavam: Rosângela “Janja” da Silva (noiva), Guilherme Boulos (Psol), Aloizio Mercadante (presidente da Fundação Perseu Abramo) e os petistas: Fernando Haddad (pré-candidato a govenador de SP), Paulo Teixeira (deputado federal), Alexandre Padilha (deputado federal), Carlos Zarattini (deputado federal) e Eduardo Suplicy (ex-senador).

Corrida Presidencial

De acordo com pesquisas realizadas até hoje (06 de maio de 2022), Lula lidera as intenções de votos para ocupar o cargo de Presidente de República.

Na mais atual pesquisa eleitoral promovida pela Genial/Quaest, mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 44% das intenções de voto e o presidente Jair Bolsonaro (PL) com 29%. Apesar de classificar a corrida ao Planalto como “em espera”, o ex-juiz Sérgio Moro (União Brasil) aparece em terceiro lugar na pesquisa, com 6% das intenções de voto.

Confira o ranking:

Luis Inácio “Lula” da Silva (PT) – 44%
Jair Bolsonaro (PL) – 29%
Sério Moro (União Brasil) – 6%
Ciro Gomes (PDT) – 5%
André Janones (Avante) – 1%
Simone Tebet (MDB) – 1%
João Dória (PSDB) – 1%
Vera Lúcia (PSTU) – 0%
Felipe d’Avila (Novo) – 0%
Sofia Manzano (PCB) – 0%
Leonardo Péricles (UP) – 0%
José Maria Eymael (DC) – 0%
Branco/nulo/não vai votar – 5%
Indecisos – 5%

A pesquisa considerou o cenário do segundo turno das eleições. Em uma eventual disputa entre Lula e Bolsonaro, o ex-presidente leva a melhor sobre o atual presidente. Lula aparece em primeiro com 55% dos votos, contra 34% de Bolsonaro. Brancos, nulos e indecisos somam 11%.

Caso o segundo turno seja um embate entre Lula e Ciro Gomes, o número de brancos, nulos e indecisos dispara para 23%. Contudo, o petista ainda leva a melhor, com 55% dos votos contra 20% do pedetista.

A pesquisa foi realizada pelo instituto Quaest e contratada pelo Banco Genial. Foram ouvidos 2.000 eleitores entre os dias 1º e 3 de abril de 2022 em todas as regiões do país. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral, sob o protocolo BR-00372/2022. A margem de erro estimada é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

- Advertisement -

Latest Posts

spot_img

Mais Lidas