Redação Jornal Americanense

Brasileiros ficam cada vez mais ansiosos com a virada de ano, veja como lidar

Psicanalista chama atenção para pesquisa e alerta que a carga de ansiedade e estresse nessa época do ano é maior e pode gerar desconforto.

Segundo pesquisa realizada pela Isma-BR (International Stress Management Association – Brasil), os níveis de estresse e ansiedade dos brasileiros aumentaram em média 75% em dezembro.

Para se ter uma ideia da dimensão dessa realidade, historicamente a procura pelo CVV (Centro de Valorização da Vida) aumenta em cerca de 20% em dezembro, segundo comunicado no site da organização.

Você ainda está planejando o Réveillon, mas a ideia de começar um novo ano pode estar te enchendo de inquietação e preocupação com os planos e projetos para 2023. Afinal, com tanta coisa acontecendo, pode ser difícil identificar exatamente por que você está se sentindo assim.

Pensando nisso, e com a colaboração do Psicanalista e Conselheiro em Saúde Guilherme Bernardino, preparamos a seguir algumas dicas para te ajudar a entender e tomar medidas para aliviar esses sentimentos.

A ansiedade costuma ser causada por uma combinação de fatores e os sintomas são variados. “Alterações de humor, insônia, dores musculares e cansaço são apenas alguns dos sintomas mais comuns nesse período do ano.” afirma Guilherme.

Segundo o psicanalista, existe uma pressão social generalizada para fazer do próximo ano o “melhor ano de todos”. Essa cobrança pode causar estresse e elevar a produção de hormônios e neuro-hormônios ligados a ansiedade, como o cortisol, adrenalina e a noradrenalina. “Principalmente se a pessoa passou por momentos difíceis ou teve muitos problemas no ano passado.” enfatiza.

Uma pessoa que enfrentou dificuldades ao longo do ano, ou até mesmo a perda de um ente querido, pode estar se sentindo frustrada e/ou desmotivada e sem muitas perspectivas. “Eu sempre digo para os meus pacientes que o ideal é não deixar as coisas piorarem, buscar ajuda faz toda a diferença.” diz Guilherme.

É importante estabelecer metas possíveis, não estabeleça metas inatingíveis apenas para provar a si mesmo (e outros) que você é capaz de qualquer coisa. “É saudável listar metas a serem cumpridas no próximo ano, desde que essas metas e objetivos sejam alcançáveis.” afirma o psicanalista.

Trace um plano de ação que o ajudará a alcançar seus objetivos.

“Na retrospectiva, olhe para o ano que passou com uma postura de gratidão, reflexão e aprendizado. Entenda que você fez o melhor que poderia; um ciclo se encerrou e outro se inicia.” finaliza o psicanalista Guilherme Bernardino.

Foto: Fernando Maia/Riotur

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Saúde e Bem Estar

3 maio 2022

Além da nebulização, os funcionários da empresa e os agentes de controle de vetor do PMCD estão realizando visitas domiciliares,

Saúde e Bem Estar

29 abr 2022

O antigo pronto-socorro foi revitalizado, recebeu nova pintura e passa a ser um espaço de atendimento para as crianças A

Saúde e Bem Estar

28 abr 2022

A vacina de gripe será oferecida para a população com 60 anos ou mais e profissionais de saúde e será

Saúde e Bem Estar

27 abr 2022

Atualmente, além da função de evitar a gravidez, os métodos contraceptivos hormonais combinados têm sido utilizados devido a presença de

Saúde e Bem Estar

13 abr 2022

Para falar deste assunto precisamos falar do ácido hialurônico, que é a substância que demonstrou ter maior compatibilidade com a

Saúde e Bem Estar

6 abr 2022

Doença ainda responde por 91,3% dos óbitos da síndrome, diz Fiocruz O percentual de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave