Pesquisar
Close this search box.

Redação Jornal Americanense

Manuela Possente: Qual é o melhor momento para começar a aplicar toxina botulínica?

Uma das dúvidas mais frequentes dos pacientes é: quando devo iniciar a aplicação da toxina botulínica?

Antigamente este procedimento só era realizado em pacientes com mais idade e que já apresentavam sinais avançados de envelhecimento. E hoje sabemos que quanto mais precocemente iniciamos o seu uso, evitamos que as rugas se instalem em nosso rosto. Esse conceito é embasado na idéia de que a toxina botulínica apresenta resultados melhores quando começa a ser aplicada antes do surgimento das chamadas rugas estáticas.

Existem dois tipos de rugas, as estáticas e as dinâmicas. As rugas dinâmicas aparecem quando movimentamos a musculatura da mímica facial. E as rugas estáticas são aquelas que vão marcando a nossa pele com o passar do tempo devido aos movimentos repetitivos.

Na verdade, o melhor resultado é preventivo. A paralisação dos músculos responsáveis pelas rugas dinâmicas retarda o aparecimento de rugas estáticas.

Não existe uma idade ideal para iniciar o uso, já que algumas pessoas apresentam uma tendência a formar rugas mais precocemente (geralmente quem tem pele mais clara e fina), e por isso devem começar a fazer a aplicação mais precocemente. Outras demoram mais a enrugar.

Tudo isso depende, na verdade, de uma série de fatores: predisposição individual, fatores genéticos, cor da pele, tabagismo e exposição solar. Mas, em geral, a idade ideal da primeira aplicação é por volta dos 30 anos, para evitar a formação das marcas de expressão

O resultado da toxina normalmente pode ser visto depois de 48 horas, e seu efeito máximo, em 15 dias. Não é preciso repouso após a aplicação, porem é recomendado que nas horas seguintes não pratique exercícios físicos e nem massageie ou esfregue o local.

A duração da aplicação varia entre 3 e 4 meses, mas há casos em que o resultado pode se estender por até 6 meses. Deve existir um intervalo mínimo de 3 meses entre cada aplicação, e caso esse tempo não seja seguido, há risco do organismo desenvolver resistência ao produto, fazendo que a durabilidade da toxina diminua ou perca seu efeito.

Após o procedimento, podem surgir pequenos hematomas, devido a introdução da agulha na pele, que pode perfurar vasos sanguíneos mas serão logo absorvidos pelo organismo. O procedimento geralmente é bem tolerado pelos pacientes, e para os mais sensíveis, pode ser utilizada uma pomada anestésica ou gelo local para minimizar o desconforto local.

COmpartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Mais lidas

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Saúde e Bem Estar

31 dez 2022

Psicanalista chama atenção para pesquisa e alerta que a carga de ansiedade e estresse nessa época do ano é maior

Saúde e Bem Estar

3 maio 2022

Além da nebulização, os funcionários da empresa e os agentes de controle de vetor do PMCD estão realizando visitas domiciliares,

Saúde e Bem Estar

29 abr 2022

O antigo pronto-socorro foi revitalizado, recebeu nova pintura e passa a ser um espaço de atendimento para as crianças A

Saúde e Bem Estar

28 abr 2022

A vacina de gripe será oferecida para a população com 60 anos ou mais e profissionais de saúde e será

Saúde e Bem Estar

27 abr 2022

Atualmente, além da função de evitar a gravidez, os métodos contraceptivos hormonais combinados têm sido utilizados devido a presença de

Saúde e Bem Estar

13 abr 2022

Para falar deste assunto precisamos falar do ácido hialurônico, que é a substância que demonstrou ter maior compatibilidade com a